Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Papandreu disposto a retirar proposta de referendo na Grécia

O primeiro-ministro grego, Georges Papandreou, disse nesta quinta-feira que está disposto a retirar seu projeto de referendo para garantir o cumprimento do plano europeu de resgate da Grécia, indicou um comunicado de seu gabinete.

“Apesar de irmos a um referendo, que nunca foi um fim em si mesmo (…) saúdo a posição do partido de oposição conservador”, que se disse disposto a ratificar no Parlamento o acordo de resgate da Grécia adotado pela Zona Euro no dia 27 de outubro, indicou Papandreu em um conselho de ministros, citado pelo comunicado.

Papandreou se disse preparado “para conversar com o líder da direita (Nova Democracia), Antonis Samaras, para avançar com base em um (governo) de consenso”.

Ele propôs que dois de seus assessores, “o ministro dos Transportes, Dimitris Reppas, e seu conselheiro Nikos Athanassakis fiquem encarregados das negociações com membros do partido de direita sobre esta base”.

“Acredito neste momento histórico que os partidos políticos possam chegar a um acordo”, ressaltou Papandreou.

Duas horas antes, Samaras havia proposto a formação de um governo de transição que teria como missão ratificar do acordo europeu antes da realização de eleições legislativas antecipadas.

“Aqui onde chegamos com a política do governo (socialista), um novo acordo sobre a concessão da ajuda à Grécia é inevitável e é preciso garanti-lo”, declarou Samaras.