Negociador iraniano comemora atitude positiva do grupo 5+1

O negociador-chefe sobre o tema nuclear iraniano, Said Jalili, comemorou a atitude positiva dos países do grupo 5+1 nas negociações que ocorreram neste sábado em Istambul.

Jalili elogiou perante a imprensa o “desejo da outra parte pelo diálogo e a cooperação. Consideramos um sinal positivo (…) para o povo iraniano. A linguagem da ameaça e da pressão não funcionam”.

“Os Seis (os cinco países membros do Conselho de Segurança da ONU, mais a Alemanha) consideraram que a fatwa do Guia supremo sobre a proibição das armas atômicas era de grande importância e é a base para uma cooperação para um desarmamento nuclear global”, disse o funcionário iraniano.

Ressaltou que o Irã tem por lema “a arma atômica para ninguém, a energia atômica para todo o mundo”.

Interrogado sobre o enriquecimento de urânio, que é um dos principais elementos de discórdia nas negociações, Jalili afirmou que “ambas as partes não abordaram este assunto” em Istambul.

Acrescentou que, “segundo o Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP), os direitos são definidos pelos membros signatários, em especial o direito ao enriquecimento”.

O guia supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, pronunciou uma fatwa onde afirma que as armas atômicas são proibidas pela religião.