Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Liga Árabe destaca esforço mediador de Annan e procura seu sucessor

Cairo, 2 ago (EFE).- O secretário-geral da Liga Árabe, Nabil al Arabi, destacou nesta quinta-feira os esforços de Kofi Annan como mediador internacional para a Síria e disse que começou a analisar com a ONU os possíveis candidatos para sucedê-lo no cargo.

Annan renunciou nesta quinta-feira de seu trabalho como enviado especial para a Síria das Nações Unidas e Liga Árabe após chegar à conclusão que nas circunstâncias atuais uma saída política para o país é impossível.

O ex-secretário geral da ONU entrou em contato por telefone com Arabi para comunicar sua demissão, que será efetivada a partir do próximo dia 31.

O secretário-geral da organização pan-árabe disse aos jornalistas no Cairo que Annan afirmou durante a conversa que a mediação não tinha dado frutos por causa da ‘falta de flexibilidade do governo sírio’ e pelo ‘fracasso do Conselho de Segurança da ONU em enfrantar suas responsabilidades’, entre outros motivos.

Arabi, por sua parte, elogiou os ‘grandes esforços de Annan durante a difícil missão como enviado especial, na qual tentou chegar a uma solução política’ na Síria.

O responsável árabe adiantou que já começou a estudar junto com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o futuro da missão que desempenha Annan e os nomes dos candidatos que poderiam substituí-lo.

Além da conversa com Annan, Arabi se reuniu nesta quinta-feira com o líder do recentemente constituído Conselho de Secretários Gerais Revolucionários Sírios, Haizam al Maleh, que na terça-feira afirmou que iniciaria contatos com outros grupos para criar um governo sírio no exílio.

Em entrevista à imprensa, Arabi apoiou a proposta, apesar de lembrar que para isso é necessária a união da oposição, que atualmente mantém grandes divergências entre si.

O secretário-geral disse também que concorda com Maleh sobre a necessidade de uma reunião de todos os grupos opositores para dialogar sobre a formação de um novo governo. EFE