Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Justiça boliviana ordena detenção do ex-candidato presidencial opositor

A justiça do departamento boliviano de Cochabamba (centro) expediu um “mandado de detenção” contra o ex-candidato presidencial da oposição, Manfred Reyes Villa, que está escondido há várias semanas, e contra sua esposa, anunciou nesta quarta-feira o procurador Mauricio Julio.

A Inspeção de Finanças suspeita de um desvio de 2,4 milhões de dólares na época em que ele governava Cochabamba, devendo também ser ouvido sobre uma repressão violenta a uma manifestação popular, em 2003. É ainda acusado pelo partido de Evo Morales de tentativa de fraude eleitoral durante a campanha.

Reyes Villa se diz vítima de “perseguição” política; está escondido em algum lugar da Bolívia e só mantém contacto telefônico com alguns jornais, para denunciar os processos abertos contra ele.

Reyes Villa, ex-governador de Cochabamba, foi derrotado no primeiro turno das eleições presidenciais de 6 de dezembro; recebeu 26,59% dos votos, o que o distanciou amplamente do presidente Evo Morales, reeleito com mais de 64% dos votos.