Japão: Pais abandonam filho na floresta para castigá-lo e criança desaparece

O pequeno Yamato Tanooka, de 7 anos, foi deixado sozinho depois de jogar pedra em carros e pessoas

Um menino de 7 anos desapareceu em uma floresta no norte do Japão depois que os pais obrigaram o garoto a sair do carro da família, como punição por mau comportamento. Cerca de 150 agentes de equipes de resgate realizavam buscas nesta segunda-feira em uma floresta de Hokkaido, a ilha mais ao norte das quatro principais do país, onde habitam ursos selvagens. O garoto, identificado como Yamato Tanooka, está desaparecido desde a tarde de sábado.

A polícia de Hokkaido afirmou que os pais inicialmente disseram que o filho havia desaparecido enquanto recolhia vegetais selvagens, mas posteriormente admitiram que forçaram-no a deixar o carro como castigo. A polícia disse que o pai voltou ao local minutos depois, mas o menino havia sumido.

Leia também:

Foto de bebê morto simboliza semana trágica no Mediterrâneo

Gorila é morto após menino cair em jaula de zoológico nos EUA

Os pais disseram à polícia que estavam punindo o menino por lançar pedras contra pessoas e carros enquanto brincava em um rio mais cedo naquele dia, segundo a imprensa japonesa. “Eu me arrependo do que fiz com meu filho”, disse o pai em entrevista a emissoras japonesas de televisão. Ele disse que inicialmente não disse a verdade à polícia porque achou embaraçoso pedir uma busca intensiva pelo que havia acontecido como resultado de um castigo.

A agência Kyodo disse que a polícia avalia se os pais devem ser acusados de abandono de menor.

(Com Estadão Conteúdo)