Homem que comia gatos de rua vai preso na Colômbia

País não proíbe o consumo de carnes de gato, mas criminaliza maus-tratos aos animais

Um homem que decidiu incorporar gatos de rua à sua dieta foi capturado pela Polícia colombiana em uma casa do pequeno município de Amagá, no departamento de Antioquia (noroeste), e será levado à Justiça pelo crime de “maus-tratos aos animais”.

A chefe da Seção de Proteção e Serviços Especiais da Polícia Antioquia, major Alexandra Arenas Correa, disse aos jornalistas que os vizinhos denunciaram sentir mau cheiro no local e a polícia foi ao lugar para verificar. Ao chegar ao imóvel do “come-gato”, como o indivíduo está sendo chamado, a Polícia Ambiental e Ecológica o prendeu após ele confessar que recolhia os felinos de rua para transformar em refeição. Segundo a oficial, nos fundos da casa foram descobertas peles e partes dos animais.

A Colômbia não proíbe o consumo de carnes de gato, cavalo ou cachorro, mas criminaliza maus-tratos aos animais, crime pelo qual ele responderá. Ainda não foi descoberto se o homem consumia os gatos por gosto ou por necessidade.

(Com EFE)