Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Filho de Trump posta foto de voto no Twitter – e depois apaga

Em Nova York, onde Eric Trump votou, é proibido divulgar imagens da cédula de votação. Esta foi a segunda gafe eleitoral do filho do republicano

Eric Trump, filho do candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, exagerou na empolgação com a candidatura do pai e postou em sua conta no Twitter nesta terça-feira uma foto da cédula eleitoral com seu voto.

“É uma honra incrível votar no meu pai! Ele vai fazer um grande trabalho pelos EUA”, escreveu Eric, de 32 anos, em sua conta na rede social. O filho orgulhoso do republicano só não se deu conta de que em Nova York, onde vota, assim como em pelo menos outros 18 estados americanos, é proibido divulgar imagens das cédulas de votação nas eleições.

A postagem foi excluída por Eric Trump pouco depois de ser publicada, mas acabou reproduzida pelo jornal inglês Independent e se espalhou pela internet.

Leia também
Com país dividido, EUA escolhem hoje o novo presidente
Quais são, afinal, as chances de Trump vencer as eleições?
Conheça os escândalos que Hillary e Trump querem esconder

Esta não é a primeira gafe eleitoral do filho de Donald Trump. Durante as prévias do Partido Republicano em Nova York, em abril, Eric e sua irmã, Ivanka, de 35 anos, perderam o prazo para filiação no partido e não puderam votar no pai.

“Eles tiveram um longo tempo para se registrar, não sabiam das regras e não se registraram a tempo. Eles se sentem muito culpados, mas está tudo bem”, declarou Trump àquela altura. O republicano brincou que cortaria a mesada dos filhos pela falha.

reproduc%cc%a7a%cc%83o-twitter-erica-trump