Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Feministas protestam nuas no colégio eleitoral onde Putin votou

Moscou, 4 mar (EFE).- Três ativistas da organização feminista ucraniana ‘Femen’ tiraram as roupas neste domingo para protestar contra o candidato favorito a vencer as eleições presidenciais russas Vladimir Putin no colégio onde minutos antes ele havia votado.

As jovens entraram no local 15 minutos depois de Putin sair, tiraram a roupa e gritaram frases em coro como: ‘Putin fora!’ e ‘Putin ladrão!’. Elas ainda derrubaram a urna eletrônica em que o candidato votou.

A Polícia retirou-as imediatamente do prédio e tratou de cobrir seus corpos nus com casacos, onde traziam inscrições do tipo ‘Ratos do Kremlin’.

O porta-voz de Putin, Dmitri Peskov, citado pela imprensa russa, comentou o episódio: ‘As meninas são tontinhas. Acham que isso é romântico. Mas falando sério, primeiro, é uma violação da ordem pública. Segundo, pelo que posso entender, ofereceram resistência aos agentes de segurança’.

Peskov falou depois que Oxana Shachko, Anna Deda e Irina Fomina fossem detidas pela Polícia.

Apesar disso, os representantes da campanha de Putin deixaram claro que não vão denunciar às ativistas, revelou a agência ‘Interfax’.

As ativistas da Femen ficaram famosas no mundo todo pelas ações provocativas que promovem em defesa dos direitos das mulheres e contra seus opositores políticos. EFE