Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA: reunião sobre Síria em Genebra ainda não foi decidida

Autoridades americanas insistiram nesta sexta-feira em que os planos de realizar uma reunião-chave sobre a Síria na semana que vem, em Genebra, ainda não deram frutos, e disseram que desejam evitar negociações inúteis.

“Continuamos trabalhando para aprofundar os parâmetros apropriados para a reunião”, disse a porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland. “Estamos dispostos a cooperar com uma reunião se ela for bem organizada. Mas precisamos estar seguros disso, e de que as conversas que precisamos ter sobre os parâmetros da transição estejam em andamento.”

O enviado das Nações Unidas e da Liga Árabe para a Síria, Kofi Annan, pediu à comunidade internacional que aumente a pressão sobre a oposição e o regime sírios, para pôr fim à violência, que, segundo a ONU, já matou 15 mil pessoas desde março de 2011, quando começaram os protestos contra o presidente Bashar al-Asad.

“Se nossos esforços tiverem sucesso, precisaremos do apoio da comunidade internacional”, disse em Genebra Annan, que convocou uma conferência sobre a Síria naquela cidade suíça, que seria realizada no próximo dia 30.

Um funcionário do alto escalão americano disse que Washington busca um avanço da situação, “e não apenas outro espetáculo que nos mostre divididos e não ajude os sírios. Ainda não estamos nesta situação, e, talvez, ainda não estejamos nessa data”, assinalou, acrescentando que as conversas continuarão durante o fim de semana.