Doze mortos em ataque da Al-Qaeda e confrontos no Iêmen

Doze pessoas morreram neste sábado em um ataque da Al-Qaeda contra a polícia seguido por confrontos na entrada norte de Aden, principal cidade do sul do Iêmen, segundo a polícia.

“Homens armados da Al-Qaeda atacaram um cordão policial na localidade de Jawala, matando quatro policiais”, declarou à AFP a fonte policial.

As forças de segurança responderam, matando quatro atacantes, segundo um novo balanço da mesma fonte. Um primeiro balanço situava em cinco o número de membros da Al-Qaeda mortos.

O ataque ocorreu perto de Mansura, um dos principais bairros de Adén, uma região até agora relativamente à margem das ações da rede extremista.

A Al-Qaeda reforçou sua presença no sul e no leste do Iêmen, graças ao enfraquecimento do poder central provocado por um levante popular que durou mais de um ano e forçou a saída do presidente Ali Abdullah Saleh.