Corpos de jornalistas mortos na Síria chegam a Paris

O avião que transportava os corpos da repórter americana Marie Colvin e do fotógrafo francês Rémi Ochlik, mortos no dia 22 de fevereiro em Homs, Síria, pousou neste domingo no aeroporto parisiense Charles de Gaulle.

O voo regular Air France 571 que viajou de Damasco a Paris, com escala em Amã, pousou no aeroporto francês às 6H15 (2H15 GMT de Brasília).

O corpo de Rémi Ochlik, que morreu aos 28 anos, será sepultado na França. Marie Colvin será repatriada aos Estados Unidos, segundo uma representante do Sunday Times, o jornal britânico para o qual trabalhava.

Rémi Ochlik e Marie Colvin morreram no dia 22 de fevereiro no bombardeio de um imóvel transformado em centro de prensa no bairro de Baba Amr, reduto da rebelião na cidade síria de Homs.