Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Confrontos no Iêmen matam pelo menos 12 membros da Al Qaeda

Sana, 18 mai (EFE).- Pelo menos 12 supostos membros da Al Qaeda morreram nesta sexta-feira em confrontos com soldados no sul do Iêmen enquanto prossegue o avanço do Exército para os redutos da rede terrorista no país, informaram à Agência Efe fontes militares.

Cinco jihadistas e um militar perderam a vida em combates perto da cidade de Yaar. Próximo do local, foram abatidos outros quatro terroristas, entre dois líderes identificados como Ahmed Abdel Nabi e Nader al Shadadi, em uma emboscada de milicianos tribais que apoiam o Exército em sua luta contra Al Qaeda.

Outros três combatentes da organização morreram e quatro ficaram feridos em um ataque lançado por um caça-bombardeiro iemenita em um posto de controle dos terroristas a 20 quilômetros ao sul de Zinyibar, capital da província de Abian, disseram as fontes.

Enquanto isso, o Exército iemenita prosseguiu nesta sexta com o respaldo da Força Aérea para a Zinyibar, Yaar e as zonas dos arredores dessas cidades onde se encontram os membros da Al Qaeda.

Yaar se encontra a cerca de 30 quilômetros ao norte de Zinyibar e é o principal reduto do grupo ‘Ansar al Sharia’ (seguidores da lei islâmica), que está vinculado à Al Qaeda e controla várias localidades de Abian desde maio de 2011.

Há uma semana, o Exército iemenita lançou uma ambiciosa ofensiva para retirar à rede jihadista do sul do país, deixando mais de 60 mortos nos primeiros dois dias, a maioria terrorista. EFE