Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cidade americana quer banir o uso de minissaias

Vereadores de Dadeville, no Alabama, também pretendem proibir o uso de calças frouxas, que deixam parte da roupa íntima à mostra

Uma cidade no estado do Alabama, nos Estados Unidos, quer proibir o uso de minissaias e shorts curtos. Se aprovada, a medida atingirá mulheres de todas as idades em Dadeville.

A ideia partiu da vereadora Stephanie Kelley, que sugeriu incluir as vestimentas femininas em um projeto de lei que já tramita na Câmara da cidade. A proposta original, apresentada no mês passado, pretende banir das ruas de Dadeville uma moda comum entre os adolescentes: as saggy pants, ou ‘calças frouxas’, que deixam boa parte da roupa íntima à mostra.

Leia também:

Professor suspeito de matar colega em universidade dos EUA se suicida

O vereador Frank Goodman, autor do projeto de lei que pretende cobrir as cuecas dos meninos, acredita que o hábito é sinal de falta de respeito. “Essa moda dá a essa geração jovem a impressão errada do que é legal”, disse. “Eu sei que Deus jamais andaria por aí com a calça caindo”.

A inclusão das minissaias de shorts curtos no projeto de lei seria uma forma de igualdade, de acordo com a vereadora Stephanie. Para ela, permitir as minissaias enquanto os meninos estão vetados de usar as calças frouxas “demonstraria favoritismo”.

Skatista

Skatista (VEJA)

(Da redação)