Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chávez está consciente de seu estado, afirma Maduro

Quadro do presidente venezuelano, hospitalizado há três semanas, é complexo

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, é “consciente” da complexidade de seu estado de saúde, afirmou na noite desta terça-feira em Cuba o vice-presidente, Nicolás Maduro, sem revelar o que acontecerá se o chefe de Estado não tiver condições de assumir o novo mandato em 10 de janeiro.

Leia também:

Venezuela cancela show de ano novo devido a doença de Chávez

“Pude visitá-lo em duas oportunidades, conversar com ele. Ele está consciente da complexidade do pós-operatório”, disse Maduro de Cuba, em uma entrevista ao canal regional Telesur. Chávez está hospitalizado em Havana há três semanas.

O presidente está em “uma situação complexa (…) Às vezes tem leves melhoras, às vezes situações estacionárias”, completou o vice-presidente, dois dias depois de revelar “novas complicações” do estado de saúde de Chávez. Maduro, que também ocupa o cargo de chanceler, admitiu que esta é “a adversidade mais dura” do governo desde que Chávez chegou ao poder em 1999, mas se mostrou confiante na recuperação do presidente.

O vice disse, ainda, que encontrou o presidente “com uma força gigantesca” e criticou o que chamou de onda de boatos e mentiras dos últimos dias sobre o estado de saúde de Chávez e, inclusive, sobre sua morte. Maduro afirmou que retornará nesta quarta-feira a Caracas para retomar as tarefas do governo.

Cirurgia – O ditador venezuelano, de 58 anos, foi operado em 11 de dezembro pela quarta vez de um câncer que nunca revelou a localização. O presidente, reeleito em outubro, deve tomar posse para um novo mandato em 10 de janeiro, mas Maduro não explicou o que acontecerá caso Chávez não retorne à Venezuela.

Antes de viajar a Havana, Chávez anunciou que Maduro assumiria a presidência temporária caso ele estivesse “inabilitado”. Também afirmou que o chanceler deveria ser o candidato governista em uma eventual eleição.

(Com agência AFP)