Cerveja envenenada mata 56 pessoas em Moçambique

Autoridades locais acreditam que a bebida foi contaminada com bílis de crocodilo durante um funeral. Outras 49 pessoas seguem internadas

Autoridades de saúde informaram que 56 pessoas morreram ao consumir cerveja contaminada nas regiões de Chitima e Songo, distritos a nordeste da província de Tete, em Moçambique. Outras 49 pessoas seguem internadas em hospitais da região. Segundo o oficial de saúde distrital Alex Albertini, mais 146 pessoas já procuraram hospitais para serem examinadas por suspeita de envenenamento.

As pessoas contaminadas estavam em um funeral no sábado. A Pombe, uma cerveja tradicional de Moçambique, é feita de farinha de milho. Autoridades acreditam que a bebida foi contaminada com bílis de crocodilo durante o funeral. Amostras de sangue e de cerveja estão sendo enviadas para a capital Maputo para serem testadas. Segundo a diretora de Saúde da província, Carle Mosse, é possível que a situação ainda piore, porque a região não tem os recursos necessários para lidar com o desastre.

(Com Associated Press e Estadão Conteúdo)