Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Canadense é libertado no Afeganistão após cinco anos como refém dos talibãs

Colin Rutherford foi capturado em 2011 sob acusação de espionagem

Um cidadão canadense foi libertado do cativeiro no Afeganistão cinco anos depois de ter sido feito refém pelos talibãs, informou o ministério das Relações Exteriores canadense nesta segunda-feira. Colin Rutherford tinha 26 anos quando foi dado como desaparecido, em fevereiro de 2011, mês em que viajou ao país árabe como turista. O ministro Stephane Dion disse que Rutherford foi libertado com a ajuda do Catar, mas não deu maiores detalhes sobre a operação.

“O Canadá está muito satisfeito com o fato de os esforços feitos para assegurar a libertação de Colin Rutherford do cativeiro terem sido bem sucedidos”, disse Dion em um comunicado. “Esperamos que o senhor Rutherford possa retornar ao Canadá e reencontrar sua família e seus entes queridos”, acrescentou.

Rutherford tinha sido capturado na província central de Ghazni pelos talibãs, que o acusavam de ser um espião. Em um vídeo publicado pelos militantes islamitas em maio de 2011, o canadense disse ter viajado ao Afeganistão para visitar “locais históricos, edifícios antigos e templos”.

Leia também:

Talibã toma o controle de cidade estratégica no Afeganistão

(Da redação)