Avião militar dos EUA cai no Mississippi e deixa 16 mortos

Forças armadas americanas ainda não se pronunciaram sobre as causas do acidente

Um avião militar dos Estados Unidos caiu em uma área rural do Mississippi na noite de segunda-feira (10). O acidente provocou a morte de ao menos 16 pessoas.

A marinha americana disse que a aeronave de transporte, um KC-130 Hércules, passou por “contratempos” na altura do condado de LeFlore, no norte do estado.

A rede WSOC-TV, de Charlotte, afirmou, com base nas informações da Agência Federal de Aviação, que o voo partiu de Cherry Point, na Carolina do Norte, que abriga uma base aérea dos fuzileiros navais.

O porta-voz do FBI Brett Carr disse ao jornal New York Times que a agência está enviando funcionários ao local da queda, mas que as autoridades não acreditam ter se tratado de algo intencional.

“Estamos simplesmente tentando oferecer qualquer tipo de assistência”, disse Carr. O governador do Mississippi, Phil Bryant, pelo Facebook, classificou o acidente como uma tragédia.

Imagens publicadas por veículos de comunicação na internet mostraram a carcaça distorcida de um avião envolta em chamas, em um campo cercado por vegetação alta, e uma grande coluna de fumaça no céu.

A aeronave é usada para reabastecimento em pleno ar, transportar cargas e realizar missões táticas de passageiros. Ela é operada por três tripulantes e pode levar 92 tropas terrestres ou 64 paraquedistas, de acordo com uma descrição presente no site da marinha dos EUA.

(Com Reuters)