Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Treinadora assume seleção de base na Itália

Ex-jogadora e ícone do futebol feminino no país assumirá a equipe sub-16 no lugar de Daniele Zoratto, que treinará a sub-19

Patrizia Panico se tornou a primeira mulher a treinar uma seleção masculina da Itália. Nesta quinta-feira, a Federação Italiana de Futebol anunciou que a ex-jogadora trabalhará como técnica interina da equipe sub-16, substituindo Daniele Zoratto, que assumirá a sub-19 no mesmo período.

Patrizia é considerada a maior jogadora da história do futebol feminino no país. É recordista em atuações pela seleção da Itália, com 204 jogos, e também em gols, com 110 marcados, de acordo com dados da Federação. Ela jogou até 2016, quando se aposentou em sua passagem pela Fiorentina.

Veja também

Aos 42 anos, Patrizia treinará a seleção sub-16 da Itália em dois amistosos contra a Alemanha, nos dias 22 e 24 de março. A primeira partida será em Verona, e servirá para testes do VAR (sistema de vídeo auxiliar à arbitragem), e a segunda será em Terme.

“Ainda precisamos derrubar muitos muros, e esta é uma decisão que os faz refletir. Ser a primeira mulher técnica na equipe nacional dos homens é uma grande conquista, e penso que esta primeira vez pode ser também de muitas outras colegas”, disse Panico, ao jornal italiano Gazzetta dello Sport.

(Com Estadão Conteúdo)