Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Torneio de surfe é interrompido por causa de crocodilo

"Eu estava no mar sentado na prancha e eu vi algo enorme nadar ao meu lado. Olhei bem e pensei: 'nossa, um crocodilo!'", testemunhou o surfista Tyler Gunter

A etapa costarriquenha de Esterillos Este do WQS, divisão de acesso do Circuito Mundial de Surfe, foi interrompida por causa de um crocodilo marinho encontrado na zona de competição pelo jovem surfista Tyler Gunter. Em entrevista à revista especializada Surfline, o americano de 16 anos contou como se deparou com o animal que pode chegar a até 7 metros de comprimento:

“Foi muito louco. Eu estava no mar sentado na prancha e eu vi algo enorme nadar ao meu lado. Olhei bem e pensei: ‘Nossa, um crocodilo!’. Ainda estava pensando em disputar minha bateria, mas eu o vi subindo à superfície novamente. Aí não me importei mais se perderia”, disse Gunter.

Diego Naranjo, ex-surfista da Costa Rica e diretor do evento, decidiu interromper a etapa em 20 minutos e depois com relatos parecidos de outros surfistas a etapa foi cancelada por tempo indeterminado para a segurança dos atletas. “Nós sabemos que há a possibilidade de aparecem crocodilos marinhos nas praias da Costa Rica e, já que a segurança é a nossa preocupação principal, colocamos o evento em espera”, afirmou Naranjo à Surfline.

Veja também

Os crocodilos marinhos são comuns na Costa Rica. Há aproximadamente dois meses, um surfista amador foi atacado na Praia de Tamarindo, próxima à praia do WQS de Esterillos, e perdeu parte da perna, de acordo com informações da revista Stabmag.