Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem treinador, Botafogo ainda sonha com recuperação

Por AE

Rio – Em franca decadência no Campeonato Brasileiro, o Botafogo tem prazo curto para se recuperar. Não há tempo para lamentações. Sem treinador, à deriva, o elenco precisa encontrar motivação para derrotar o Atlético-MG, domingo, em Sete Lagoas, para tentar retornar à zona de classificação para a Libertadores. Vontade é o único ingrediente que não pode faltar quando a técnica e a organização não estão presentes.

“É horrível o que está acontecendo. A gente precisa vencer para recuperar a confiança. Mas ninguém desistiu. Se alguém desistir tem que dar o lugar a outro”, cobrou o meia Felipe Menezes, que entrou na derrota por 2 a 1 para o Internacional e fez o gol botafoguense.

Ainda sem saber se vai ter nova chance com o interino Flávio Tenius, Menezes aposta em uma vitória sobre os mineiros para o grupo recuperar um pouco a autoestima. Se Maicosuel não se recuperar a tempo de uma torção no tornozelo esquerdo, Menezes por jogar.

“A gente vai lutar por essa vaga (na Libertadores). Não é impossível vencer o Atlético-MG. E depois vem um clássico (contra o Fluminense), onde tudo pode acontecer”, disse o meia.

O zagueiro Antônio Carlos, suspenso, é desfalque certo. Mas ele está com um estiramento na coxa esquerda e pode não enfrentar também o Flu, na última rodada.