Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Seleção torce contra a França para ir à fase final da Liga Mundial

Os jogadores da Seleção Brasileira masculina de vôlei vivem uma semana de expectativa. Treinando forte para as Olimpíadas de Londres-2012, eles torcem contra a França na última semana de jogos do Grupo C da Liga Mundial, que também tem Estados Unidos, Coreia do Sul e Itália, para avançar à fase final da competição, que será disputada em Sofia na Búlgaria.

O Brasil ficou com a segunda colocação do Grupo B, com 26 pontos ganhos e mantém esperanças de se classificar como melhor segundo dos quatro grupos. Isso só não acontece se a França vencer todos seus três jogos do fim de semana por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1 e os Estados Unidos vencerem dois duelos com estes placares.

‘Queremos ir, claro, mas depender dos outros resultados é horrível. E é motivo para treinar ainda mais. A expectativa que estamos vivendo para entrar na Fase Final é boa e, na minha opinião, estar nessas finais é muito positivo. Lá estarão equipes que enfrentaremos nas Olimpíadas, seleções que vão chegar no pódio. Além disso, alguns atletas não jogaram tanto a Liga Mundial e teriam a chance de pegar mais ritmo de jogo’, destacou o ponteiro Murilo.

No Grupo B, o Brasil acabou atrás da Polônia que somou 29 pontos. O primeiro lugar da chave foi decidido na última partida das equipes na fase classificatória e os europeus levaram a melhor por 3 sets a 1. Nos outros três jogos entre as equipes, apenas um triunfo da Seleção.’Estar vivendo esse momento foi, de alguma maneira, por responsabilidade nossa, já que não conseguimos a classificação antes. Agora é esperar. Lógico que queremos classificar e estar na disputa de mais um título. Pretendemos, sim, estar na Bulgária, e faz parte do nosso planejamento jogar essa fase final’, afirmou o levantador Bruninho.

Sem poder fazer mais nada pela classificação da equipe nacional, o filho do técnico Bernardinho acompanhará o fim de semana de partidas do Grupo D torcendo pelos resultados favoráveis ao Brasil.

‘Temos que esperar pelos resultados, mas podemos secar um pouco os adversários também. Neste momento, a França é o nosso principal adversário na busca pela vaga de segundo melhor colocado e não custa secar um pouquinho os franceses. Depois, é esperar pelos resultados deste último final de semana’, brincou.