Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Seleção de basquete bate Nigéria em teste para Londres

Por AE

São Carlos (SP) – Sem qualquer dificuldade, como aconteceu no dia anterior contra a Nova Zelândia, a seleção brasileira masculina de basquete derrotou a Nigéria por 104 a 65 (51 a 32 no primeiro tempo), nesta quarta-feira, pela segunda rodada de um quadrangular preparatório para os Jogos Olímpicos de Londres, no ginásio Milton Olaio Filho, em São Carlos (SP).

Com duas vitórias, o Brasil disputará o título da competição contra a Grécia, nesta quinta, a partir das 21 horas. Os gregos também estão com dois triunfos no torneio depois de terem batido a Nova Zelândia por 99 a 69, na preliminar da rodada desta quarta. Um pouco mais cedo, às 19 horas, neozelandeses e nigerianos disputarão o terceiro lugar.

A seleção brasileira começou a partida com Marcelinho Huertas (fez sua estreia), Alex, Marquinhos, Anderson Varejão e Nenê. O técnico argentino Rubén Magnano pôde usar bastante o banco de reservas e mexeu muitas vezes na formação. Mesmo assim, o time não perdeu a identidade de marcação pressão na saída do ataque adversário.

Além de Marcelinho Huertas, que mostrou grande técnica e liderou as jogadas ofensivas brasileiras, a seleção teve como destaque o ala/pivô Anderson Varejão, que havia tido uma atuação discreta na noite anterior. Com 95% de aproveitamento em seus arremessos, o jogador do Cleveland Cavaliers marcou 18 pontos.

SEGURO PAGO – A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) acertou o seguro do ala-armador Leandrinho. O jogador é agente livre e neste momento não tem contrato com nenhum time da NBA – atuou pelo Indiana Pacers na última temporada. Por isso, o valor pago pela CBB para que seu atleta possa jogar será bem mais alto do que o dos outros – US$ 123 mil (R$ 255 mil). O gasto com os outros jogadores é quase oito vezes menor.

Por causa do prazo utilizado nas transações bancárias internacionais, Leandrinho não vai poder atuar nos jogos em São Carlos. Mas provavelmente estará liberado para treinar e atuar no Super Four, em Buenos Aires, na Argentina, a partir do próximo dia 5.

O torneio na cidade de São Carlos é o início da série de amistosos de preparação da seleção brasileira para os Jogos Olímpicos. Depois do quadrangular no interior paulista, além de jogar em território argentino, a equipe de Rubén Magnano participa de testes em Foz do Iguaçu (PR), Estados Unidos e França, antes da chegada a Londres.