Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

São Paulo tenta superar Dida e tristeza para se reerguer no Canindé

Nenhum dos dois times que atuarão no Canindé às 18h30 (de Brasília) deste sábado está satisfeito com sua temporada. Para se recuperar do baque da eliminação na Copa do Brasil, o São Paulo, em busca de campanha mais sólida no Campeonato Brasileiro, terá do outro lado uma Portuguesa que está a um ponto da zona de rebaixamento, mas terá a estreia de Dida como motivação.

O goleiro volta a atuar depois de dois anos parado, e retorna ao futebol brasileiro dez anos depois de sair. Antes de assumir a meta do Milan, fez do Tricolor paulista uma de suas principais vítimas: em 1999, pegou dois pênaltis de Raí, classificando o Corinthians para a final do Brasileiro daquele ano, e usava a camisa 1 da equipe alvinegra que bateu o rival do Morumbi no Rio-São Paulo e na Copa do Brasil de 2002.

A reestreia, justamente diante de um adversário que lhe dá sorte, é mais um fato marcante na carreira do jogador de 38 anos, que tenta ser uma força para tirar a Lusa da 16colocação – o time só somou quatro dos 15 pontos que disputou até agora. ‘É outro momento importante na minha carreira porque adquiri muita experiência lá fora. Aprendi muito em dez anos fora e agora quero passar tudo isso ao meu grupo’, disse Dida.Mas lição é o que São Paulo espera ter tirado da frustrante derrota para o Coritiba que o tirou da Copa do Brasil. Eliminado também nas semifinais do Paulista deste ano, a equipe de Emerson Leão se apega aos nove pontos que o fazem começar a sexta rodada em sexto lugar, a quatro pontos do líder Vasco. Assim, é possível deixar a tristeza de lado, evitando mais prejuízos em campo.

‘Não vou mentir que isso passa aos poucos, mas nossa resposta tem de ser dentro de campo. Não tenho dúvidas de que a pressão existe e sei que precisamos de um título ou uma vaga na Libertadores do ano que vem. Com uma crescente no Brasileiro, tudo vai mudar. Queremos os pontos que serão importantes’, indicou Cícero.

Para buscar estes pontos, a equipe terá de superar o desfalque de Luis Fabiano, novamente suspenso – desta vez, por ter sido expulso na vitória de domingo sobre o Atlético-MG. Willian José entra em seu lugar e não será a única novidade em relação à escalação que perdeu para o Coritiba na quarta-feira. Paulo Miranda e Douglas retomam seus postos na zaga e na lateral direita, respectivamente.O maior reforço, porém, será em um espírito de otimismo após a frustrante semana. ‘Não adianta ficar lamentando. O negócio é trabalhar e buscar já neste jogo de sábado a volta da sequência boa’, apontou Cortez. ‘Como em todos os jogos, entramos em campo pressionados para vencer. Não vai ser diferente. Temos que entrar em campo, fazer um bom jogo e sair com os três pontos’, afirmou Denis.

Do outro lado, mais do que nova atitude, a superação é a melhor palavra para definir a Portuguesa. Geninho arma sua equipe ainda sem poder contar com Ananias e Ricardo Jesus, machucados, e Marcelo Cordeiro e André Luis, que buscam melhor forma física. A atitude, entretanto, é de começar a afastar desde já a possibilidade do segundo rebaixamento na temporada – o time já caiu no Campeonato Paulista. A boa notícia é que o volante Guilherme deve voltar à equipe.FICHA TÉCNICA

PORTUGUESA X SÃO PAULO

Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)

Data: 23 de junho de 2012, sábado

Horário: 18h30 (de Brasília)

Árbitro: Herman Brumel Vani (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Flavio Rodrigues Guerra (ambos de SP)

Assistentes adicionais: Leandro Bizzio Marinho e Luiz Flavio de Oliveira (ambos de SP)

PORTUGUESA: Dida; Rogério, Lima e Gustavo; Luis Ricardo, Léo Silva, Guilherme, Moisés e Raí; Rodriguinho e Vandinho

Técnico: Geninho

SÃO PAULO: Denis; Douglas, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Casemiro, Cícero e Jadson; Lucas e Willian José

Técnico: Emerson Leão