São-paulinos querem vitória por volta da tranquilidade

Por AE

São Paulo – Oito jogos sem vencer no Brasileirão, apenas um gol marcado nas suas últimas seis partidas ma competição. A má fase do São Paulo é preocupante, mas pode chegar ao fim neste sábado, quando a equipe visita o Bahia em Pituaçu sonhando com a recuperação. Exceção ao Cruzeiro (empate em 3 a 3), o último adversário que brigava pelo rebaixamento enfrentado pelo São Paulo foi o Ceará, exatamente na última vitória da equipe. Só nestes dois jogos foram marcados sete dos 10 gols que o São Paulo fez nas últimas 10 rodadas.

“Com todo respeito ao Bahia, mas temos de ir buscar os três pontos. Faltam seis partidas, não é vida ou morte, mas temos de voltar a vencer. Já não vencemos há muito tempo. Uma vitória deixará tudo tranquilo novamente. Vamos trabalhar para sair desta situação”, disse o zagueiro João Filipe, que vai formar o trio de zaga da equipe com Luiz Eduardo e Rhodolfo, no novo esquema tático imposto por Emerson Leão.

Piris, que vem se destacando no São Paulo mais pelas suas qualidades defensivas do que ofensivas, quer que a equipe repita a atuação que teve contra Vasco, domingo, quando o São Paulo segurou um empate com o então líder do campeonato. “Todos os jogos são importantes, assim como foi contra o Vasco. Fomos bem e acredito que estamos melhorando. Não fizemos o gol, mas temos de ganhar de qualquer jeito. O São Paulo sempre está na briga e ficar sem vencer há oito jogo é ruim”, disse o paraguaio.

O São Paulo, que ficou na zona de classificação à Copa Libertadores pelas primeiras 30 rodadas da competição, caiu na tabela nas duas últimas, e agora aparece em sétimo, com 50 pontos, a dois do Flamengo, quinto colocado.