Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santos vence São Paulo no primeiro clássico do Paulistão

Corinthians fica em 2 a 2 com o São Bernardo; Palmeiras e Portuguesa emparam. No Rio, Flamengo faz 2 a 1 e agrava a crise no Vasco

Fluminense vira e consegue vitória por 4 a 2 contra a Cabofriense. Fred assume a artilharia do campeonato

Mesmo desfalcado dos ídolos Paulo Henrique Ganso e Neymar, o Santos venceu o primeiro clássico do Campeonato Paulista 2011. Com gols do meia Elano e do atacante Maikon Leite, o Peixe derrotou o São Paulo por 2 a 0, na Arena Barueri. Agora, o Santos é líder do campeonato, com 13 pontos, ao lado do Palmeiras, que venceu a Portuguesa por 2 a 0, no Canindé. O time da Vila Belmiro leva vantagem pelos critérios de desempate.

Os reservas do Corinthians empataram em 2 a 2 com o São Bernardo. A partida, realizada no estádio Primeiro de Maio, contou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no público. Na chegada, Lula foi político e disse que toceria pelo empate. Os gols do Timão foram de Danilo e Luis Ramírez, enquanto Júnior Xuxa e Cauê maracaram para os donos da casa.

Confira a tabela atualizada do Campeonato Paulista

Dúvida para o clássico paulista, Elano mostrou que havia superado as dores no tornozelo, que o incomodaram durante toda a semana. Ele participou das principais jogadas do Santos nos primeiros minutos. E foi num desses lances que, aos 10 minutos, o camisa 8 surpreendeu a zaga tricolor e abriu o placar. Mostrando visão de jogo e oportunismo, o meia entrou sozinho na área, em velocidade, e cabeceou livre após cruzamento de Róbson.

O São Paulo tentou se recuperar e chegou a criar algumas oportunidades de gol. A maior delas foi aos 25 minutos do segundo tempo, quando Jean recebeu cruzamento de Juan e chutou na trave, para alívio do goleiro Rafael, que estava vendido no lance. Mas o empenho do Tricolor paulista não resultou em gols.

Quem mexeu no placar foi o Santos. Aos 28 minutos da segunda etapa, o goleiro Rogério Ceni defendeu chute de Elano, mas Maikon Leite pegou o rebote e ampliou a vantagame para 2 a 0.

Enquanto isso, no Canindé, o Palmeiras demorou a abrir o placar contra a Portuguesa. O relógio já marcava 36 minutos do segundo tempo quando, após passe de Kléber, o lateral Cicinho pegou fora da área, de primeira, e chutou forte para fazer 1 a 0. Aos 46 minutos, Adriano faz boa jogada e passa para Kléber fechar o placar: 2 a 0.

Campeonato Carioca – No Rio, o Flamengo confirmou o favoritismo e venceu o Vasco por 2 a 1, no Engenhão, agravando ainda mais a crise em São Januário. Com o resultado, os rivais seguem em situações totalmente opostas no Grupo A do Campeonato Carioca. Enquanto o Flamengo termina a quarta rodada na liderança, com 12 pontos, o Vasco segue na lanterna, sem somar pontos.

No último jogo antes da estreia de Ronaldinho Gaúcho, o Flamengo não encontrou dificuldades. Mesmo visivelmente fora de forma, Thiago Neves se destacou por ter participado dos dois gols da equipe rubro-negra. O primeiro deles saiu aos 22 minutos de jogo. Após cruzamento do lateral esquerdo Egídio, Thiago Neves rolou para Léo Moura chutar forte. No caminho, Deivid desviou a bola e abriu o placar. Mas foi aos 44 minutos que Thiago Neves fez a pintura da noite. Em lançamento de Renato, o camisa 7 invadiu a área, deu um lençol no goleiro Fernando Prass e concluiu com a coxa.

No segundo tempo, o Flamengo diminuiu o ritmo e o Vasco tentou se organizar. O esforço foi premiado aos 30 minutos, quando Rômulo aproveitou confusão na área após cobrança de escanteio e empurrou para a bola para o gol: 2 a 1. Mas a reação parou por aí.

A péssima campanha do Vasco levou à queda do técnico Paulo César Gusmãona última sexta-feira. Para seu lugar, o clube tentou contratar o português Carlos Queiroz, que rejeitou o convite neste domingo. Antônio Lopes e Abel Braga são agora os nomes especulados nos bastidores.

Fluminense – Também neste domingo, o Fluminense venceu a Cabofriense por 4 a 2. O campeão brasileiro de 2010 abriu o placar aos 6 minutos, com Fred, em cobrança de falta ensaiada. Apesar de ter saído na frente, o tricolor carioca relaxou e deixou o adversário virar o jogo. O empate saiu aos 31 minutos, quando Diego Sales lançou bola na área para Carlinhos, no meio de dois zagueiros, fazer 1 a 1. A virada aconteceu já no segundo tempo, aos 4 minutos, com um belo chute do camisa 10 Diego Sales.

Mas o Flu reagiu aos 20 minutos. Após cobrança de escanteio, André Luis cabeceou firme e igualou novamente o placar: 2 a 2. Aos 35 minutos, Fred recebeu de Willians e colocou o Flu novamente na frente. Dois minutos depois, foi a vez de Willians fazer o dele, escorando um passe de Marquinho.

Com a vitória, além de manter os 100% de aproveitamento, o Fluminense tem agora Fred como o artilheiro do Carioca, com cinco gols. O clube ainda lidera o Grupo B, com 12 pontos.