Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santos enfrenta revelação boliviana nas oitavas da Libertadores

O Santos, atual campeão da Taça Libertadores, visita nesta quarta-feira o Bolívar, apontado como uma das revelações da competição, nos 3.600 metros de altitude de La Paz, pela partida de ida das oitavas de final.

O ‘Peixe’ terminou na liderança do grupo 1, com a terceira melhor campanha da fase de grupos.

A equipe optou por uma aclimatação progressiva e viajou nesta terça-feira para Santa Cruz, cidade situada a 900 km a leste da capital boliviana, com apenas 400 metros de altitude, e só chegará ao estádio Hernando Siles horas antes da partida.

O Santos já sabe o quanto é difícil jogar nestas condições, já que perdeu por 2 a 1 para outro time de La Paz, o The Strongest, na sua estreia pela competição.

O técnico Muricy Ramalho encara o confronto com cautela por ter observado de perto o Bolívar, que surpeendeu a todos ao se classificar em segundo lugar do grupo 3 na frente dos chilenos do Universidad Católica e dos colombianos do Junior Barranquilla.

“Muricy assistiu a vídeos do adversário e disse que se trata de uma equipe muito técnica e bem melhor do que o The Strongest, mais compacta na defesa e no meio de campo”, afirmou Fábio Maradei, assessor de imprensa do Santos, ao ser entrevistado pelo jornal boliviano La Razón.

Já o técnico do Bolívar, Guillermo Hoyos, que criticou muito a decisão da Conmebol de adiantar a partida para uma semana antes do previsto, ironizou ao declarar que não conhecia Neymar, o grande craque do time praiano. “Nem sei quem é esse cara”, brincou.

“Acho que se o Santos não tivesse Neymar, seria apenas mais um bom clube brasileiro, mas com ele, atingiu um patamar muito maior, tem uma das maiores equipes do futebol mundial”, afirmou por sua vez o volante Pablo Frontini.

Apesar do favoritismo do ‘Peixe’, os jogadores do Bolívar pretendem partir para cima para levar vantagem em casa nesta partida de ida.

“Vamos tentar fazer o máximo de gols possíveis em La Paz”, prometeu o atacante Damián Lizio, que ainda não sabe de poderá jogar ao lado do uruguaio William Ferreira, dúvida para o jogo devido a uma lesão muscular.

A pontapé inicial da partida será dado nesta quarta-feira será dado às 20H50 locais (21h50 no horário de Brasília).

O trio de arbitragem será chileno, com o juiz chileno Enrique Osses, auxiliado por Francisco Mondría e Carlos Astroza.

Possíveis escalações:

Bolívar: Marcos Argüello – Edemir Rodríguez, Pablo Frontini, Gabriel Valverde, Lorgio Álvarez – Rudy Cardozo, Walter Flores, Jhasmani Campos – Damián Lizio, Juan Carlos Arce e William Ferreira. T: Guillermo Hoyos.

Santos: Rafael – Henrique, Edu Dracena, Durval, Juan – Adriano, Arouca, Elano, Paulo Henrique Ganso – Borges e Neymar. T: Muricy Ramalho.