Santistas prometem não facilitar para André no reencontro com o Peixe

O atacante André despontou como artilheiro, ao lado de Paulo Henrique Ganso e Neymar, no Santos que encantou o país e conquistou o Paulistão e a Copa do Brasil de 2010. Depois de uma passagem frustrada pelo futebol europeu, onde defendeu Dinamo de Kiev-UCR e Bordeaux-FRA, o jogador voltou ao país para defender o Atlético-MG, adversário do Peixe nesta quinta-feira, na Arena do Jacaré. Mas, apesar da amizade com o centroavante, os santistas prometerem não facilitar a vida de André neste confronto.

A situação do Galo, de André, não é boa no Brasileirão. Na 17posição no campeonato, com 27 pontos, o Atlético-MG luta contra o rebaixamento e um resultado positivo contra o Alvinegro Praiano seria fundamental para o futuro da equipe.

Porém, no que depender do Santos, a reação atleticana vai demorar mais uma rodada para acontecer. ‘Ele nos ajudou muito no ano passado e, depois que saiu daqui, não foi muito feliz. Ele foi um grande companheiro nosso, mas quando a bola rolar é cada um defendendo o seu e vamos ver quem vai levar a melhor na partida’, disse o veterano lateral esquerdo Léo, prometendo empenho total no duelo com o Galo.

O volante Adriano foi outro a seguir a linha de raciocínio de Léo em relação ao reencontro com André. O meio-campista prometeu vigiar de perto o centroavante para evitar que André balance as redes santistas no jogo em Sete Lagoas (MG).

‘Ele fez muito aqui no Santos, mas queremos dar sequência à vitória no clássico (contra o Palmeiras) e conseguir um bom resultado contra o Atlético-MG. Por isso, vamos procurar não dar espaço ao André, que é um jogador de muita qualidade’, encerrou Adriano.