Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sem vento, regata em que Scheidt briga por medalha é adiada

Os barcos sairiam da região do Pão de Açúcar a partir de 13h, mas a ausência de condições ideais acabou atrasando várias regatas

A organização das competições de vela dos Jogos do Rio de Janeiro cancelou nesta segunda-feira, por falta de ventos na Baía de Guanabara, a regata da medalha da classe laser masculina, prova em que o brasileiro Robert Scheidt busca o bronze, que seria sua sexta medalha olímpica.

LEIA TAMBÉM:
Doda diz que Jogos o ajudaram a superar divórcio
Edições digitais de VEJA com as melhores fotos da Olimpíada

A previsão inicial era de que os barcos saíssem da região do Pão de Açúcar a partir de 13h, mas a ausência de condições ideais acabou atrasando várias regatas. O vento só chegou com força por volta das 15h45, e a organização do Rio-2016 decidiu realizar apenas a regata feminina da classe laser nesta segunda-feira, adiando a masculina para terça.

Com cinco medalhas na carreira – duas de ouro, duas de prata e uma de bronze -, Scheidt não tem mais chances de buscar os dois primeiros lugares do pódio nos Jogos do Rio de Janeiro.

Até mesmo o bronze está difícil. Na regata da medalha, o brasileiro, que ocupa a quinta posição na classificação geral, terá que chegar na frente do francês Jean Baptiste Bernaz, quarto colocado, por duas posições, e no caso do neozelandês Sam Meech, o terceiro, por cinco.

(Com agência EFE)