Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pelo lado humano, Grêmio-SP faz proposta por Jóbson ao Botafogo

Após apresentar as nove primeiras contratações para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, a diretoria do Grêmio-SP oficializou nesta sexta-feira o interesse pelo atacante Jóbson, do Botafogo. O presidente do clube paulista, Domingos Brito, inclusive, já fez uma proposta ao Alvinegro carioca pelo atleta.

‘Nós queremos o atleta em nosso elenco e dar oportunidade a este jogador, principalmente, pelo lado humano. Nós acreditamos no potencial dele e com certeza será de muita utilidade ao nosso time em busca do retorno para a elite do futebol nacional nesta temporada. A proposta já foi realizada e esperamos finalizar em breve a contratação dele’, declarou o presidente.

Apesar de ter apenas 24 anos, o atacante Jóbson já possui uma extensa carreira no futebol brasileiro, marcada não só pelas atuações dentro de campo – por times grandes como Atlético-MG, Bahia e Botafogo -, mas também pelas polêmicas e confusões em que o atleta se envolveu. A mais grave delas foi a punição pela Corte Arbitral do Esporte (CAS) devido ao exame antidoping que constatou o uso de crack pelo jogador e o deixou longe dos gramados por seis meses.

A suspensão foi cumprida entre os meses de outubro de 2010 e março de 2012, período em que o jogador seguiu trabalhando com a equipe do Botafogo. Apto a voltar aos gramados, Jóbson defendeu o Glorioso na disputa contra o Bangu, pelo segundo turno do Campeonato Carioca. Após o retorno aos gramados, o atacante foi punido novamente por indisciplina pela diretoria do clube, mas que não explicou qual foi a falha do jogador.

Em setembro de 2011, antes da divulgação do resultado do julgamento pelo CAS e acreditando em sua absolvição, Jóbson chegou a declarar que tinha um pré-contrato assinado com o Grêmio-SP e que defenderia a equipe já na Série B daquele ano. No entanto, com a punição, o pré-contrato não foi cumprido e o jogador retornou ao Botafogo.