Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Para Marcão, maior erro do Goiás foi tentar jogar ‘bonitinho’ na Série B

O zagueiro Marcão, que retorna de suspensão para o duelo contra o Vitória, em Salvador, na próxima sexta, às 16h20 (de Brasíia), no Barradão, sempre foi um dos grandes líderes do grupo esmeraldino, sendo chamado para falar e defender o desempenho da equipe na luta contra o rebaixamento. Contente com os recentes resultados, o defensor avaliou os erros do time na Série B.

‘Antes a gente não tinha para onde correr, ou vencia ou vencia. Todos os jogos são competitivos na Série B’, disse, emendando. ‘Talvez nosso maior erro tenha sido achar que ia jogar bonitinho, jogar futebol de Série A.’

A determinação, segundo o zagueiro, tem que vir acompanhada por equilíbrio emocional. ‘Como o Enderson falou, temos 90 minutos para ganhar e, se algo acontecer, não podemos nos desorganizar’, analisou.

Os desfalques de Ernando e Valmir Lucas devem obrigar Enderson a escalar Marcão em sua posição de origem. Animado, ele disse ainda ter uma pontinha de esperança numa reação histórica. ‘A gente sabe que é muito difícil, mas matematicamente a classificação ainda é possível. Vamos pensar jogo a jogo e, primeiro, sair dessa zona de perigo’, comentou

Além dele, o Goiás conta com o retorno de Carlos Alberto, fora por cinco rodadas por causa de lesão na coxa esquerda, sofrida contra o Paraná. Outro que pode voltar é Harlei, que, embora liberado pelo departamento médico, treinou à parte nesta segunda.

A lista de desfalques é extensa: começa com Valmir Lucas, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e prossegue com três atletas cuja volta aos gramados ocorre, na melhor das hipóteses, diante do Americana, terça: Ernando, Amaral e Elivélton.

Também não treinaram Gérson, devido ao desconforto muscular que o tirou de combate no intervalo da última vitória, e Rafael Toloi, com febre, consequência de um processo infeccioso.