Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Para ex-presidente da FIA, Fórmula 1 não deve ser vendida

Grupo do milionário Rupert Murdoch confirmou intenção de comprar a categoria

O ex-presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) Max Mosley declarou nesta segunda-feira que o grupo do milionário Rupert Murdoch, da News Corporation, conglomerado de comunicação que pretende comprar a Fórmula 1, não é o proprietário mais indicado para a categoria.

“Do ponto de vista pessoal, não acho que ele, Murdoch, seja a pessoa certa”, enfatizou Mosley, o magnata das comunicações. A opinião dele, no entanto, é influenciada pelo escândalo no qual foi envolvido quando presidia a entidade máxima da categoria. Flagrado em uma orgia nazista, com mulheres sadomasoquistas, teve suas fotos publicadas pelo tabloide inglês News of the World, que pertence ao milionário da News Corp.

“Aquilo foi uma ilegalidade clara”, disse o ex-dirigente. Seu sucessor, Jean Todt, tem o poder de veto na compra caso seja necessário, e o comprador, julgado incoerente. Já Bernie Ecclestone, chefe comercial da F-1, ressaltou mais de uma vez nas últimas semanas que a categoria não está à venda. (Com agência Gazeta Press)