Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Naturalizado, Taylor já pode defender Brasil no basquete

Por Amanda Romanelli

São Paulo – Agora é oficial: Larry Taylor James Junior é brasileiro. A naturalização do armador norte-americano foi publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União. Os trâmites para a obtenção da cidadania foram realizados pelo Ministério da Justiça.

Com o fim do processo de naturalização, o jogador de 31 anos, nascido em Chicago, está legalmente apto a ser convocado pela seleção brasileira de basquete, como deseja o técnico Rubén Magnano.

O armador da equipe do Bauru chegou a ser chamado pelo argentino para fazer parte da equipe que disputaria o Pré-Olímpico de Mar del Plata, na Argentina, ano passado. Treinou alguns dias com o grupo, mas não pôde seguir com a seleção, já que o processo de naturalização não havia sido concluído.

Larry deve aparecer na lista que Rubén Magnano divulgará no dia 17 de maio, com os nomes que vão iniciar a preparação brasileira para a Olimpíada de Londres – é a primeira vez que o País disputará os Jogos desde a edição de Atlanta, em 1996.