Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nadal dispara contra saibro azul e ameaça não voltar ao Masters 1000 de Madri

Madri, 9 mai (EFE).- Eliminado do Masters 1000 de Madri nesta quinta-feira após perder pela primeira vez na carreira para o compatriota Fernando Verdasco, o espanhol Rafael Nadal fez duras críticas ao saibro azul, que foi adotado pela organização nesta edição do torneio.

‘A ATP e a organização podem fazer o que quiserem e eu tento me preparar e fazer o melhor possível. Fiz o que pude para disputar o torneio e não fui suficientemente bom para me adaptar. Se as coisas continuarem assim, será um torneio a menos em meu calendário, sinto muito’, declarou o vice-líder do ranking da ATP.

‘Acho que o torneio é muito grande, mas essa foi uma decisão ruim. Ou mudam as más decisões ou continuam com elas, cada um é livre para fazer o que quiser’, completou Nadal, visivelmente contrariado.

O tenista espanhol ainda elogiou seu compatriota e algoz, que havia sido batido por ele nos 13 confrontos anteriores. No entanto, o ex-número um do mundo não soube responder se o revés conta como uma derrota no saibro.

‘Não é dia para falar disso (do saibro azul), mas do bom nível de Fernando, que foi melhor que eu. Foi por isso que perdi. Conto como uma derrota. No saibro? Não sei, apenas penso que perdi. Perdi para Fernando após 13 vezes sem perder. O bom é que caí diante de um espanhol. Estou feliz por ele e triste por mim’, declarou. EFE