Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Murilo e Giba ficam fora da 1ª semana da Liga Mundial

Por AE

Saquarema – A seleção brasileira masculina de vôlei vai disputar a primeira semana da Liga Mundial sem dois dos seus principais jogadores. Nesta quinta-feira, o técnico Bernardinho confirmou que os ponteiros Giba e Murilo não viajarão para Toronto, onde a equipe vai enfrentar, em ordem, Polônia, Canadá e Finlândia, nos dias 18, 19 e 20 de maio.

Capitão da seleção de vôlei, Giba ainda está em fase de recondicionamento após recuperar-se de uma fratura por estresse na canela da perna esquerda. Já Murilo, que sente dores no ombro direito, também está fora da viagem ao Canadá. Ambos têm treinado em separado no Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema (RJ), e não fazem atividades de ataque e bloqueio.

“Nosso maior desafio neste começo de trabalho tem sido administrar alguns problemas físicos no grupo. O Giba e o Murilo não irão para o Canadá. Nossa preocupação é estar com todos os jogadores bem fisicamente no período dos Jogos Olímpicos e vamos tomar todas as precauções para garantir isso”, disse Bernardinho.

Giba, apesar da ausência, está satisfeito com o processo de recuperação da cirurgia e espera ter condições de participar da fase final da Liga Mundial, entre os dias 4 e 8 de julho, na Bulgária.

“Estou me sentindo melhor a cada semana. Não tenho mais incômodo e já estou arriscando alguns saltos bem de leve. Agora é buscar a melhor condição de jogo, mas sem pressa, para não prejudicar todo o processo de recuperação. O mais importante é poder estar na Fase Final da Liga Mundial, onde todas as seleções deverão ir com força máxima. Será um bom parâmetro para o que teremos pela frente nos Jogos Olímpicos”, disse.

Sem dois dos mais experientes jogadores da seleção, Bernardinho deverá dar chances para jovens promessas do vôlei brasileiro, como Lucarelli, de 20 anos, Maurício, 23, e Renan, 22.

“São jogadores que foram muito bem na Superliga e podem trazer um algo a mais ao grupo. São sérias perspectivas para 2016, mas tem todas as condições de lutar pelo espaço deles já agora. Estão convivendo com jogadores mais experientes, vitoriosos e têm crescido bastante com isso”, disse Bernardinho, que ganhará a partir de segunda-feira, em Saquarema, o reforço do levantador Raphael, de 32 anos, do Trentino, da Itália, que se apresentará para treinamentos.