Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mogi joga por empate contra o Braga para presentear Rivaldo com taça

O pentacampeão Rivaldo, presidente licenciado do Mogi Mirim, aproveitou uma folga do angolano Kabuscorp, viajou ao Brasil e estará nas tribunas do Estádio Romildão, neste sábado, a partir das 18h30 (de Brasília), para prestigiar o Sapão na disputa do Troféu do Interior. Será uma motivação extra para o time alvirrubro, que só depende de um empate para superar o Bragantino – venceu na ida por 4 a 2, fora de casa.

A conquista seria a primeira de Rivaldo como membro da diretoria. O veterano, que já foi contestado por colocar o nome de seu pai no estádio que se chamava Papa João Paulo II, demitir o técnico Roberval Davino antes do início do Paulistão do ano passado e se transferir para o São Paulo pouco tempo depois de anunciar que encerraria a carreira acumulando as funções de jogador e presidente do Mogi Mirim, finalmente começa a ser reconhecido por seu trabalho nos bastidores do futebol.

Comandado por Guto Ferreira, o clube foi capaz de recolocar alguns jogadores na vitrine do futebol brasileiro. O atacante Hernane, que tem passagem pelo São Paulo no currículo, só não é o artilheiro do Paulistão com os 15 gols que marcou porque a estrela do santista Neymar passou a brilhar mais ainda na fase decisiva e o fez chegar aos 18 tentos. Outro exemplo é o meia Felipe, que estava emprestado pelo Palmeiras, se destacou e já voltou ao Verdão cercado de expectativa – a vaga aberta no time titular deve ficar com Roni, plenamente recuperado de lesão.’Todos se dedicaram ao máximo e fizeram por merecer, mas nada está ganho ainda. Temos pela frente um grande adversário, que com certeza vai vir disposto a impedir nossa conquista, mas estamos confiantes’, discursou Guto Ferreira, comandante de uma equipe apelidada pelo próprio Rivaldo de ‘Trator Caipira’, em referência ao ‘Carrossel Caipira’ que o meia ajudou a consagrar há 20 a

Do outro lado, a aposta está na manutenção de uma filosofia de trabalho. Enquanto o Mogi ainda tenta se consolidar novamente como força do interior, o Bragantino já reúne algumas façanhas sob o comando de Marcelo Veiga, técnico do clube desde 2007, como chegar à semifinal do Paulistão daquele ano e disputar a Série B do Brasileirão.

Mas a missão pela taça está longe de ser fácil. Para levar a decisão para os pênaltis, o Massa Bruta precisa ignorar a torcida adversária (que deve comparecer em peso, já que o ingresso custa um agasalho ou um cobertor) e vencer por dois gols de diferença. ‘Precisamos enfrentar o Mogi Mirim jogando como jogamos o campeonato todo’, ensinou Veiga. ‘Vamos respeitá-los, mas sabemos que podemos surpreendê-los. Acho que não existe uma diferença tão marcante entre as equipes’.A intenção do treinador era repetir a formação da semana passada, mas o zagueiro Luís Henrique sofreu uma lesão muscular na coxa direita e foi vetado, abrindo espaço para Júnior Lopes ou Luciano Castán. Em contrapartida, os atacantes Lincom e Patrick estão liberados pelo departamento médico e serão novas opções no banco.

Quem erguer a taça entrará para uma galeria ainda pequena na versão atual do Troféu do Interior: os outros campeões foram Guaratinguetá, Barueri, Ponte Preta, Botafogo e Oeste.

FICHA TÉCNICA

MOGI MIRIM X BRAGANTINO

Local: Estádio Romildo Vitor Ferreira, em Mogi Mirim (SP)

Data: 12 de maio de 2012, sábado

Horário: 18h30 (de Brasília)

Árbitro: José Cláudio Rocha Filho

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Gustavo Rodrigues de Oliveira

Assistentes adicionais: Leandro Bizzio Marinho e Vinicius Furlan

MOGI MIRIM: Anderson; Luis Felipe, Tiago Alves, Lucas Fonseca e João Paulo; Val, Baraka, Gil e Zé Carlos; Roni e Hernane

Técnico: Guto Ferreira

BRAGANTINO: Rafael; Diego Paulista, André Astorga e Júnior Lopes (Luciano Castán); Victor Ferraz, Serginho, Reinald, Fernando Gabriel e Léo Jaime; Romarinho e Giancarlo

Técnico: Marcelo Veiga