Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mazola admite primeiro tempo ruim do Ipatinga e cobra reforços

Mesmo atuando em casa, o Ipatinga não resistiu a força do Ceará e perdeu pela quinta vez consecutiva na Série B do Brasileiro, por 2 a 1. Após a partida, o técnico Mazola Júnior admitiu que o Tigre não fez um bom primeiro tempo, mas que o Ipatinga conseguiu melhorar na etapa complementar, porém, falhou na conclusão das jogadas.

‘No primeiro tempo, o Ceará foi muito superior. Não conseguimos jogar pelas laterais, não tivemos muita participação lá na frente e demos o contra-ataque para o Ceará. No segundo tempo, corrigimos toda a situação, e acho que o Ipatinga foi bem superior na segunda parte, com quatro ou cinco oportunidades de gol dentro da pequena área, mas não tivemos a competência para fazer os gols’, analisou.

Mazola Júnior afirma que, quando chegou ao Ipatinga, foi pedido que fizesse uma análise do elenco durante o mês de junho, e o treinador constatou que o quadricolor precisa de quatro ou cinco reforços de qualidade, mas o comandante do Tigre demonstrou péssimo na chegada das contratações. A falta de dinheiro é o principal obstáculo para que o time do Vale do Aço consiga trazer os nomes pedidos.

‘Acho que o resultado foi pesado para o Ipatinga, mas como no futebol não tem justiça, e vive na base do planejamento, competência e de suporte financeiro, vamos tentar melhorar. O grande problema da crise financeira do Ipatinga é que você não consegue trazer ninguém de qualidade. Precisamos de quatro a cinco contratações, isso é notório, e o presidente sabe disso’, declarou.