Maracanã é aberto para visitação em sua fase de obras

Por Leonardo Maia

Rio – O consórcio responsável pela reforma do Maracanã e a Empresa de Obras Públicas do Rio (Emop) abriram o canteiro de obras para a visitação popular. O primeiro grupo de pessoas pôde ver de perto, neste sábado, a drástica reformulação pela qual passa o estádio para a Copa do Mundo de 2014. Orçado em quase R$ 860 milhões, o novo Maracanã tem previsão de conclusão para fevereiro do ano que vem. Até o fim do mês, as obras devem atingir 50% do projeto.

Aqueles que quiserem visitar o local devem se inscrever pelo e-mail visitaguiada@maracanario2014.com.br. Cerca de mil pessoas já solicitaram cadastramento. Os passeios ocorrerão todo primeiro sábado de cada mês.

Acompanhados do vice-governador Luiz Fernando Pezão e do presidente da Emop, Ícaro Moreno, os visitantes observaram, do ponto onde ficará o campo da final do Mundial de 2014, que o Maracanã só terá preservados a fachada externa e parte da arquibancada superior. Todo o resto veio abaixo, inclusive a cobertura.

“Alguns países optaram por derrubar velhos estádios, mas escolhemos fazer uma reconstrução. Mesmo assim vamos ter o estádio mais moderno do mundo, mais moderno que Wembley (na Inglaterra)”, garantiu Pezão.

Segundo o vice-governador, era importante reabrir o estádio para o público. “O Maracanã é o principal ponto turístico do Rio. Precisávamos compartilhar esse momento com a população”.

Entre os visitantes, um homem com a camisa da seleção espanhola se destacava. O engenheiro espanhol Pablo Nieto, de 38 anos, gostou de conhecer as obras e aposta no bicampeonato da Fúria. Em uma final contra o Brasil? “Depois do Maracanã, vocês ainda têm de construir uma seleção”, cutucou.

Mais de 5 mil homens trabalham na reforma de adequação às normas da Fifa, em dois turnos. Pezão informou que as obras estão um mês à frente do cronograma. O Maracanã vai ser palco também de jogos da Copa das Confederações, em 2013.