Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bad boy do tênis é multado por não se esforçar em quadra

"Se não gosta, não assista, pode ir embora", declarou o fanfarrão Nick Kyrgios aos torcedores após fazer corpo mole em partida

Depois de ser derrotado por 2 sets a 0 pelo alemão Mischa Zverev  na segunda rodada do Masters 1000 de Xangai, na China, o australiano Nick Kyrgios – o “bad boy” fanfarrão da elite do tênis –  foi multado por mau comportamento e terá de pagar 52 mil reais à Associação dos Tenistas Profissionais (ATP). Kyrgios (14º do ranking mundial) foi punido por conduta antidesportiva ao “se esforçar pouco em quadra” e por discutir com um torcedor durante a partida desta quarta-feira.

O jogo que durou apenas 48 minutos após parciais de 6/3 e 6/1 teve vários lances claros de “corpo mole” do australiano. Em um deles, com o saque ameaçado de quebra – quando já perdia o primeiro set por 3 a 1 -, Kyrgios sacou sem força e nem esperou o adversário matar o ponto para se encaminhar em direção ao banco de descanso. A nítida atitude de displicência foi logo repreendida pelo juiz, que disse ao atleta: “Você não pode jogar assim, isso não é profissional”. 

Kyrgios, de 21 anos, afirmou que o motivo de tais atitudes teria sido o cansaço. Em entrevista coletiva, ele gerou ainda mais controvérsias ao ignorar a torcida que estava presente na China: “Eu não devo nada a eles (torcedores). É uma escolha minha. Se não gosta, não assista, pode ir embora”, disse o jovem australiano.

Outras ocorrências – Desde o ano passado, Kyrgios enfrenta problemas de comportamento dentro de quadra. No mesmo Masters 1000 de Xangai, em 2015, o tenista foi multado em 1.500 dólares por se desentender com o juiz brasileiro Carlos Bernardes e por chamar a partida de “circo”. Em janeiro deste ano, no Aberto da Austrália, Kyrgios foi punido em 3.000 dólares por desrespeito ao gritar um palavrão durante o jogo.

(Com Gazeta Press)