Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘King’ James conquista enfim sua primeira coroa na NBA

Muito criticado no passado por seu jogo individualista e pela sua falta de frieza nos momentos decisivos, LeBron James, considerado um dos melhores jogadores de basquete da atualidade, conquistou na quinta-feira seu primeiro título na NBA com o Miami Heat aos 27 anos, na sua nona temporada na liga americana.

Antes de levantar o troféu, o ala já tinha chegado a duas finais, em 2007 e 2011, perdendo ambas com atuações muito abaixo do seu nível habitual e manchando sua imagem com declarações infelizes, muitas vezes percebidas como sinais de arrogância.

Na decisão contra o Oklahoma City Thunder, ‘King James’, deixou de lado sua fama de ‘fominha’ e de ‘amarelão’ e foi eleito melhor jogador (MVP) das finais, com uma média de 28,6 pontos, 10,2 rebotes e 7,4 assistências por partida.

Na vitória por 121 a 106 no quinto e último jogo, na quinta-feira, fechou a série com chave de ouro com um ‘triple double’ (26 pontos, 11 rebotes e 13 assistências).

“Sonhei com este momento durante anos. Nunca me senti tão feliz em toda minha vida”, declarou o astro, que disse ter aprendido lições com a final perdida para o Dallas Mavericks na temporada passada, em confronto no qual não se mostrou à altura das expectativas.

“No ano passado, fiquei com muita pena de ter deixado meus companheiros na mão, eu era imaturo. Jogava para provar alguma coisa para os outros, cheio de ódio no coração. Desta vez, voltei apenas pelo amor do jogo e deu certo”, se emocionou James.

Estrela nos Estados Unidos desde a adolescência, quando as partidas que disputava com seu colégio eram transmitidas na televisão em rede nacional, o jovem prodígio teve que lidar muito cedo com a pressão de ser considerado o sucessor do lendário Michael Jordan.

Nascido em Akron, em Ohio, quando sua mãe tinha 16 anos, Lebron foi abandonado pelo pai, ex-detento e teve uma infância difícil, mas sempre conseguiu mudar seu destino graças ao seu talento.

Aos 16 anos, o fenômeno estampou a capa da prestigiosa revista americana Sports Illustrated e ganhou o apelido de ‘The Chosen One’ (o eleito).

Desde então, acumulou inúmeros prêmios individuais e impressionou com estáticas impressionantes, mas teve que esperar nove temporadas para conquistar seu primeiro título na NBA.

“A experiência é o melhor dos professores. Vivi muitas coisas durante a minha carreira, e nesta temporada, consegui ser melhor dentro e fora da quadra”, explicou James, que ganhou mais eficiência perto do garrafão graças ao trabalho realizado no ano passado com o ex-pivô Hakeem Olajuwon, bicampeão da NBA com os Houston Rockets em 1994 e 1995.

“Hakeem me ajudou a aperfeiçoar um setor do meu jogo onde eu estava menos eficiente, mas além de tudo, ele me disse que precisava jogar com prazer e foi isso que fez a diferença nesta temporada”, lembra LeBron, que foi decisivo na marcação de Kevin Durant, a maior estrela do Oklahoma City Thunder.

James também deixou claro que não se arrependia por se juntado ao Miami Heat em 2010, juntando-se com estrelas consagradas como Dwayne Wade e Chris Bosh, apesar de ter sido chamado de ‘traidor’ ao deixar a equipe do seu Estado, o Cleveland Cavaliers.