Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Henrique pede vitória para Santos esquecer eliminação

Por Sanches Filho

Santos – No Santos ninguém esconde que a eliminação nas semifinais da Libertadores, diante do Corinthians, na última quarta-feira, ainda incomoda, mas os jogadores confiam em uma rápida recuperação. Para o volante Henrique, a equipe precisa apenas de uma vitória para esquecer a queda e embalar no Campeonato Brasileiro.

“Saímos de uma eliminação na Libertadores, mas no futebol não dá tempo para comemorar as vitórias e nem para lamentar as derrotas. Com uma vitória voltará tudo ao normal. O que fica neste momento é a pressão pelo resultado”, disse o jogador, lembrando que o Santos é apenas o 18.º no Brasileirão, com quatro pontos, e ainda não venceu na competição.

Por mais que o desejo do grupo seja esquecer a Libertadores, é inevitável comentar sobre o torneio continental. Perguntado sobre a torcida na decisão, entre Boca Juniors e Corinthians – a primeira partida acontece nesta quarta-feira, em La Bombonera -, Henrique preferiu ficar em cima do muro.

“É um time brasileiro e no ano passado, quando o Cruzeiro (onde atuava) caiu nas oitavas de final, torci pelo Santos. No jogo desta noite serei neutro, mas assistirei. Seria bom para o Brasil que o Corinthians ganhasse, mas vou apenas assistir e espero que seja um bom jogo”, comentou.

Com a queda na Libertadores, o Santos tem apenas o Campeonato Brasileiro pela frente na temporada. A competição nacional ainda não foi conquistada pela geração de Neymar e Paulo Henrique Ganso, que já faturou cinco torneios (três Campeonatos Paulistas, uma Copa do Brasil e uma Libertadores) em pouco mais de dois anos. “O Brasileiro também é uma competição muito importante, que falta para esta geração do Santos”, apontou Henrique.

GANSO DESFALCA TREINO – Nesta quarta-feira, o técnico Muricy Ramalho comandou um treino técnico visando a partida diante da Portuguesa, no domingo, no Canindé, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. E o desfalque ficou novamente por conta do meia Paulo Henrique Ganso.

O jogador ficou fazendo reforço muscular na academia e não foi a campo. Ele passou por uma cirurgia no joelho direito, teve sua recuperação acelerada para enfrentar o Corinthians, mas não treina em campo desde a eliminação. Sua presença diante da Portuguesa ainda é incerta.