Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hamilton festeja pole inédita em Suzuka: ‘Foram 10 anos tentando’

Inglês é o líder do mundial de pilotos e largará na primeira posição do Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1

O inglês Lewis Hamilton comemorou a pole position no GP do Japão de Fórmula 1 em tom de alívio, neste sábado. Não por acaso: foi sua primeira no tradicional e desafiador Circuito de Suzuka. “Foram dez anos tentando”, disse o piloto da Mercedes, líder do campeonato mundial de pilotos, com 34 pontos de vantagem para o segundo colocado, o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari. “Estou super empolgado. Finalmente consegui!”, festejou. “Se você não consegue pela primeira vez, continue tentando! Eu sabia que em algum momento eu conseguiria. Então, estou agradecido.”

Hamilton não só conquistou pela primeira vez na carreira a pole position no lendário traçado japonês como também quebrou o recorde da pista três vezes durante a sessão – sua melhor volta foi cravada em 1min27s319. Embora Valtteri Bottas (com 1min27s651) tenha garantido na pista a dobradinha para a Mercedes, o finlandês não dividirá a primeira fila com o seu companheiro de equipe, uma vez que trocou a caixa de câmbio e desta forma perderá cinco posições no grid. O inglês bateu na trave na briga pela pole nos últimos anos em Suzuka. Ele foi batido pelo alemão Nico Rosberg nos últimos três GPs no Japão. Desta vez, sem a concorrência do ex-companheiro de equipe, agora aposentado, o tricampeão garantiu o primeiro lugar no grid de largada.

Ele atribuiu o feito ao equilíbrio do carro. “Foi um dia muito bom aqui, fiz uma volta fantástica. Eu já fui bem veloz aqui, mas nunca tinha conseguido um bom equilíbrio no carro. Por isso nunca tinha feito um grande treino classificatório”, afirmou o piloto inglês. A pole position foi uma grande conquista para Hamilton, que terá a chance no Japão de disparar no campeonato, encaminhando o título. No entanto, ele não deve ter vida fácil na corrida deste domingo. Isso porque seu maior na disputa do troféu, o alemão Sebastian Vettel, largar logo ao seu lado, na segunda posição do grid. “Ele não será mais agressivo que eu na largada”, garantiu o inglês, referindo-se às largadas polêmicas do rival nos últimos GPs. “Tenho oito metros de vantagem e, neste ano, minhas largadas foram muito boas. Vou tentar continuar assim amanhã.”

Confira o resultado completo do treino classificatório para o GP do Japão:

1: Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) – 1min27s319
2: Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) – 1min27s651*
3: Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – 1min27s791
4: Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) – 1mn28s306
5: Max Verstappen (HOL/Red Bull) – 1min28s332
6: Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 1min28s498*
7: Esteban Ocon (FRA/Force India) – 1min29s111
8: Sergio Perez (MEX/Force India) – 1min29s260
9: Felipe Massa (BRA/Williams) – 1min29s480
10: Fernando Alonso (ESP/McLaren) – 1min30s687
11: Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren) – 1min29s778
12: Nico Hulkenberg (ALE/Renault) – 1min29s879
13: Kevin Magnussen (DIN/Haas) – 1min29s972
14: Jolyon Palmer (GBR/Renault) – 1min30s022
15: Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso) – 1min30s413
16: Romain Grosjean (FRA/Haas) – 1min30s849
17: Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso) – 1min31s317
18: Lance Stroll (CAN/Williams) – 1min31s409
19: Marcus Ericsson (SUE/Sauber) – 1min31s597
20: Pascal Wehrlein (ALE/Sauber) – 1min31s885

*Vão largar cinco posições para trás como punição pela troca do câmbio

(com Estadão Conteúdo e Gazeta Press)