Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fluminense faz duelo de opostos contra o Inter no Beira-Rio

O Fluminense visita o Internacional nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), na abertura das oitavas de final da Copa Libertadores.

Trata-se de um confronto de opostos dentro da competição, apesar da expectativa de muito equilíbrio no duelo. Isso porque o Tricolor fez a melhor campanha da fase de grupos, ficando em primeio lugar no Grupo 4 com 15 pontos. Já o Colorado teve o pior desempenho entre as 16 equipes que permanecem na disputa, fazendo apenas oito pontos no Grupo 1.

Apesar desta realidade, os jogadores dos dois times reconhecem que não gostariam de um confronto entre eles neste momento da Copa Libertadores. ‘Nem nós gostaríamos de pegar o Inter agora como tenho certeza de que o Internacional não está satisfeito por enfrentar o Fluminense neste momento. Não era o nosso desejo um confronto brasileiro nas oitavas de final. Mas se aconteceu também não podemos ficar lamentando e temos que buscar uma vitória sobre o Internacional para largar bem nesta etapa’, declarou o atacante Fred.

O zagueiro colorado Índio tem a mesma linha de pensamento. ‘Nós estamos crescendo com o pensamento de poder conquistar o título da Copa Libertadores. Sabemos que enfrentar o Fluminense é muito complicado, o adversário pede muito respeito, mas não podemos deixar de acreditar na possibilidade de classificação. Não é o melhor momento para cruzar com um grande adversário, mas temos que aproveitar para pegar embalo na disputa’, analisou.

Apesar do respeito ao Fluminense, o técnico do Internacional, Dorival Júnior, acredita que sua equipe tem plenas condições de se classificar. ‘O Fluminense tem um grande conjunto, jogadores de qualidade em todas as posições e peças de reposição. Fez uma primeira fase brilhante. Será muito difícil. Mas o Internacional tem plenas condições de se classificar. Serão dois grandes jogos, pois são dois grandes times envolvidos em um clássico. Acredito que podemos nos classificar’, ponderou.

Se o Internacional planeja dois grandes confrontos, os tricolores preferem focar apenas neste primeiro jogo, como se não existisse a partida de volta. ‘Logicamente que são cento e oitenta minutos, que vamos decidir em casa, mas neste momento não podemos pensar nisso. Temos que pensar em como fazer para ganhar este confronto de ida e, principalmente, marcar gols que possam nos dar uma certa tranquilidade no Rio de Janeiro. Será uma partida equilibrada, mas podemos vencer. O Fluminense está há muito tempo querendo que chegue logo esta fase de mata-mata e vamos em busca do triunfo’, garantiu o lateral esquerdo Carlinhos.

O encontro com Abel Braga, Edinho e Rafael Sobis, campeão da Libertadores em 2006 com o Internacional, é outra atração à parte no duelo desta quarta-feira. ‘O Abel conhece muito bem o nosso elenco. Esta grande campanha deles não é á toa, é um grande time. Não temos que misturar isso. Estamos preparados para uma decisão. Vamos dar um abraço nos ex-colegas, mas não podemos perder o foco’, afirmou o zagueiro Bolívar, que começará no banco de reservas.

Em relação aos times que jogarão, no Fluminense o zagueiro Leandro Euzébio, com dores na costela, foi vetado e sequer viajou com a delegação. Gum será o seu substituto. No ataque, Rafael Sóbis ganha a vaga de Wellington Nem, vetado por conta de um estiramento muscular na coxa direita.

Pelo lado do Internacional, o lateral esquerdo Kléber, com dores no músculo adutor da coxa direita e na virilha direita, é dúvida. Fabrício está de sobreaviso. O meia Andrés D Alessandro, com lesão muscular na coxa esquerda, foi vetado. A tendência é que o volante Pablo Guiñazú entre na equipe, liberado Tinga para ajudar Jesús Dátolo na criação de jogadas. O confronto de volta entre as equipes será no dia 10 de maio, no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL X FLUMINENSE

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data: 25 de abril de 2012 (Quarta-feira)

Horário: 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Paulo César Oliveira (Brasil)

Assistentes: Alessandro Rocha (Brasil) e Emerson de Carvalho (Brasil)

INTERNACIONAL:Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Fabrício (Kléber); Sandro Silva, Guiñazu, Tinga e Dátolo; Dagoberto e Leandro Damião

Técnico: Dorival Júnior

FLUMINENSE:Diego Cavalieri; Bruno, Anderson, Gum e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Thiago Neves e Deco; Rafael Sóbis e Fred

Técnico:Abel Braga