Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fábio ignora clássico mineiro: ‘Decisão é contra Ceará’

Por AE

Belo Horizonte – Aos 31 anos, Fábio é um dos jogadores mais experientes do elenco do Cruzeiro e também um dos goleiros mais consagrados do futebol nacional. O jogador, acostumado a títulos, diz considerar esta semana a mais importante da sua vida. No domingo, a equipe mineira enfrenta o Ceará, no Presidente Vargas, e precisa de uma vitória se quiser escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Em caso de derrota, a situação vai ficar muito complicada.

“Esta é a semana mais importante da minha vida e espero que seja de todos aqui. Cada um vai buscar o que tem de melhor, se não der na qualidade, vai na raça, na entrega. O importante é vencer”, comentou Fábio.

O Cruzeiro chega à penúltima rodada do Brasileirão em 16.º, com 39 pontos, um a mais que o Ceará, primeiro dentro da zona de rebaixamento. O último jogo da competição é contra o Atlético-MG, ainda corre remoto risco de cair e vai enfrentar o maior rival na ânsia de viver um momento historio e rebaixá-lo. O jogo terá apenas torcida cruzeirense em Sete Lagoas.

Diferentemente do comum às vésperas de um clássico, Fábio diz que ainda não pensa no Atlético. “A partida mais decisiva será esta, contra o Ceará, porque é um confronto que nós temos, e se conseguirmos vencer a gente isola praticamente uma equipe. Aí vamos ver o que aconteceu nos outros jogos e saber como vamos para o último jogo, contra o Atlético-MG”, disse o goleiro. Para escapar da queda com uma vitória sobre o Ceará, o Cruzeiro precisa também torcer para o Atlético-PR perder do rebaixado América-MG, em Minas.

Fábio prega que a equipe entre em campo tranquila e não se afobe em busca do resultado em Fortaleza. “Pelas situações que passamos ao longo do campeonato, temos que ter tranquilidade. Por outro lado, temos que nos cobrar, porque dependemos dos nossos resultados. Então não podemos confundir tranquilidade com passividade. Temos que te ter tranquilidade para fazer o melhor dentro de campo, mas também com bastante agressividade nos momentos necessários, para mostrar que viemos para buscar a vitória”, afirma.