Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Espanha busca vaga na semi e vingança contra algoz França

Apontada como principal favorita ao título da Eurocopa, a Espanha, atual campeã, terá um desafio complicado neste sábado, quando enfrenta a França às 15h45 (de Brasília), na Donbass Arena, em Donetsk, na Ucrânia, pelas quartas de final. Historicamente a Fúria se dá mal quando cruza o caminho dos franceses em competições importantes, e por isso o duelo tem um certo toque de revanche.

A Espanha começou a cair em desgraça com os franceses na final da Eurocopa de 1984, quando perdeu de 2 a 0 e viu os azuis comemorarem o caneco. Em 2000, nas quartas de final também no torneio continental, novo triunfo da França, dessa vez por 2 a 1, com direito a perda de pênalti do atacante Raúl, um dos ídolos do futebol espanhol. Fechando a série, nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, a Espanha vinha embalada até cruzar o caminho da França, que ganhou por 2 a 0 nas oitavas de final.

Desta vez, porém, o favoritismo é da Espanha, que se classificou em primeiro lugar no Grupo C, sem maiores sustos. Já a França ficou com a segunda posição do Grupo D, com uma campanha irregular, que inclui uma derrota de 2 a 0 para a Suécia no seu último jogo. Mesmo assim, Vicente del Bosque, técnico da Fúria, sabe que não terá vida fácil para seu time.

‘A Espanha sabe muito bem o que é enfrentar a França desacreditada e não vamos nos iludir esperando facilidades. Teremos muitos problemas pela frente e precisamos fazer um jogo quase que perfeito para conseguirmos essa classificação’, disse Del Bosque.

Já Laurent Blanc, comandante da França, procura adotar um discurso otimista.

‘Entendo que a França sempre entra em uma competição pensando no título e não ficaremos satisfeitos se caírmos nas quartas de final. Portanto, vamos em busca de uma vitória diante da Espanha, até porque entendemos que não existe nenhum adversário considerado invencível no futebol mundial atualmente’, afirmou Laurent Blanc, evitando porém qualquer declaração que possa servir de estímulo para os espanhóis por soar como provocação.Ainda há incertezas relacionadas à escalação das duas equipes para este jogo. Na Espanha, Vicente del Bosque tem uma dúvida de ordem tática, com Fernando Torres e Cesc Fàbregas disputando posição. No caso do segundo ser escolhido, a marcação no meio-de-campo seria reforçada, mas David Silva atuaria isolado no ataque.

Pelo lado da França, o zagueiro Philippe Mexès, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, fica de fora, dando a sua vaga a Patrice Evra. Essa deve ser a única modificação de Blanc em relação ao time que vem atuando.

FICHA TÉCNICA

ESPANHA X FRANÇA

Local: Donbass Arena, em Donetsk (Ucrânia)

Data: 23 de junho de 2012 (Sábado)

Horário: 15h45(de Brasília)

Árbitro: Nicola Rizzoli (Itália)

ESPANHA: Iker Casillas, Álvaro Arbeloa, Gerard Piqué, Sergio Ramos e Jordi Alba; Sergio Busquets, Xabi Alonso, Xavi e Andrés Iniesta; David Silva e Fernando Torres (Cesc Fàbregas)

Técnico: Vicente Del Bosque

FRANÇA: Lloris, Debuchy, Rami, Patrice Evra e Clichy; Cabaye, Diarra, Menez, Nasri e Ribéry; Benzema

Técnico: Laurent Blanc