Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cruyff nega ter feito comentários racistas sobre Davids

Haia, 22 nov (EFE).- O ex-jogador e atual diretor do Ajax, Johan Cruyff, desmentiu ter feito comentários racistas sobre outro ídolo e membro da diretoria do clube, Edgar Davids.

Em sua coluna semanal no jornal ‘De Telegraaf’, publicada nesta terça-feira, Cruyff explicou que a entrada de Davids no Conselho do Ajax respondia à necessidade de introduzir uma pessoa ‘com a mesma origem’ que os jovens talentos estrangeiros do futebol, que muitas vezes perdem a chance de se tornarem jogadores durante a puberdade.

‘O Ajax é um clube multicultural, e foi constatado que muitos jovens talentosos estrangeiros saem durante a adolescência. Então nós queríamos solucionar esse problema introduzindo alguém com o mesmo passado, que superou isso e conseguiu se formar. E este era Davids (natural do Suriname)’, escreveu Cruyff como resposta a uma entrevista na qual o próprio Davids fez referência a supostos comentários racistas dito pelo ex-técnico do Barcelona.

Cruyff esclareceu que o comentário sobre Davids ‘não tem nada a ver com a cor da pele’, mas com as funções do ex-jogador no clube.

O presidente do Conselho de Sócios do Ajax, Rob Been, também afirmou ao ‘De Telegraaf’ que os comentários de Cruyff não podem ser descontextualizados e que ‘Davids não se sentiu ofendido’ com os mesmos.

Segundo o diretor Steven Ten Have, Cruyff teria dito que Davids só ‘estava no clube porque era negro’.

O próprio Davids esclareceu através de seu blog que a única coisa pretendida na entrevista foi mostrar como o tom das discussões entre diretores do Ajax ultrapassam os limites das boas maneiras.

‘Nunca disse que Cruyff era racista’, garantiu Davids. EFE