Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Caio Júnior vê Brasileiro indefinido e espera volta de selecionáveis

O Botafogo perdeu a chance de encostar mais da ponta do Campeonato Brasileiro ao empatar em casa com o Bahia. Só que para o técnico Caio Júnior, nada está definido na competição e comparou a situação atual com a que passou com o Paraná há alguns anos.

‘São 33 pontos em disputa, um novo campeonato, nada está definido. Vejo o momento parecido com o que passei no Paraná em 2006: descrédito inicial, formação, equipe cresceu e virou sensação, surge dificuldade, volta o descrédito… E na última rodada conseguimos a vaga na Libertadores. Aquela experiência me ajudou muito a viver esse momento. Temos que desfocar essa dificuldade momentânea e traçar uma meta. Acredito que com 20 pontos podemos disputar o título’, disse ao site do clube.

Para buscar a vitória em São Paulo contra o atual líder, Corinthians, Caio Júnior torce para poder contar com a força máxima. O comandante espera os retornos do goleiro Jéfferson e do atacante Loco Abreu, que estão com as seleções brasileira e uruguaia, respectivamente.

‘Espero poder contar com os dois, dependo da viagem no meio do caminho. Essas questões de calendário atrapalham muito alguns clubes, principalmente os que brigam pela lidernaça. Loco e Jefferson vão chegar no dia do jogo, é uma situação anormal, típica do futebol brasileiro. O técnico tem que administrar. O importante é ter uma estratégia para o jogo, que será um grande’, declarou.

Caio Júnior crê que o Coritnhians busque a pressão no início do jogo, mas vê o Botafogo forte para poder surpreender os paulistas em sua casa.

‘Uma tentativa de imposição por parte do Corinthians é bem possível. A tendência é que aconteça no início, pela característica do estádio e da torcida. Mas temos que ter capacidade de jogar no campo deles, senão fica difícil. Temos que sair e causar dificuldades, criar chances e fazer o adversário recuar’, finalizou.