Brawn comemora volta excepcional de Rosberg

A pole position do alemão Nico Rosberg no Grande Prêmio da China de Fórmula 1 deixou a equipe Mercedes animada. O chefe do time, o britânico Ross Brawn, comemorou o bom desempenho de seu piloto, que marcou 1min35s121 no treino da madrugada deste sábado para largar na frente em uma prova da F-1 pela primeira vez de sua carreira.

A escuderia alemã terá a primeira fila completa no GP da China. O alemão Michael Schumacher, outro piloto do time, foi o terceiro mais rápido do treino, mas herdará a segunda posição do grid de largada do britânico Lewis Hamilton, que perdeu cinco posições por trocar a caixa de câmbio de sua McLaren.

‘Foi uma volta excepcional do Nico. Ele não foi bem nas duas primeiras corridas nesse sentido e hoje vimos o que ele pode fazer. O setor do meio que ele fez foi simplesmente incrível’, disse Ross Brawn à emissora britânica ‘BBC’.

A volta que garantiu Rosberg na pole position foi feita ainda no início do Q3 em Xangai e deixou o alemão com mais de 0s5 sobre seus rivais. Apesar disso, o dirigente da Mercedes acredita que seu piloto poderia ter melhorado ainda mais sua marca, se voltasse à pista para uma segunda tentativa.

‘Nós recuamos quando vimos que não havia nenhuma ameaça porque o Lewis tinha uma punição. Quisemos salvar um jogo de pneus’, afirmou o britânico, que tenta manter a cautela para a prova. ‘É uma grande conquista, mas na nossa cabeça sabemos que temos que fazer uma boa corrida amanhã’, explicou.