Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após derrota para Bolívia, Paraguai demite técnico Arce

Por AE-AP

Assunção – Depois da derrota por 3 a 1 para a Bolívia, sofrida no último sábado, em La Paz, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, o Paraguai anunciou na noite destasegunda-feira a demissão do técnico Francisco Arce, ex-jogador da seleção paraguaia e que teve grande sucesso no futebol brasileiro e sul-americano com as camisas de Grêmio e Palmeiras.

“Essa é uma determinação a qual não queríamos chegar, mas decidimos rescindir o contrato com Arce e sua comissão técnica”, afirmou Juan Angel Napout, presidente da Associação Paraguaia de Futebol, em entrevista coletiva, na qual o dirigente enfatizou que os treinadores “dependem dos resultados”.

A derrota sofrida no último sábado deixou o Paraguai na oitava e penúltima posição das Eliminatórias Sul-Americanas, com apenas quatro pontos em cinco partidas disputadas. E o revés acabou tendo um peso maior para Arce pelo fato de que os jogadores paraguaios realizaram um período de duas semanas de aclimatação em La Paz para este duelo, com o objetivo de reduzir os efeitos da altitude da cidade boliviana.

Arce havia assumido o comando da seleção paraguaia em julho do ano passado, quando substituiu Gerardo Martino, argentino que teve um ciclo considerado vitorioso à frente do time nacional. Com ele, o país chegou às quartas de final da Copa do Mundo de 2010 e alcançou a decisão da última Copa América, na qual o Uruguai se sagrou campeão na Argentina.

Após cair diante dos uruguaios na final do torneio continental, Martino decidiu deixar a seleção paraguaia e Arce assumiu logo em seguida o comando. Hoje com 41 anos de idade, o ex-lateral-direito defendeu o Paraguai nas Copas do Mundo de 1998 e 2002, sendo que iniciou a sua carreira como técnico apenas em 2010.

Novato na função de treinador, Arce acabou alçado ao cargo de comandante do Paraguai após conseguir levar o modesto clube do Rubio Ñu à primeira divisão do futebol do seu país. A Associação Paraguaia de Futebol ainda não definiu quem será o sucessor do ex-jogador na seleção. “Vamos demorar um pouco para eleger o novo técnico, para evitar erros”, afirmou Napout.

O Paraguai voltará a jogar pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014 no próximo dia 7 de setembro, fora de casa, contra a Argentina, que está na terceira posição do qualificatório, um ponto atrás do Uruguai e a dois do líder Chile.