Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ancelotti é apresentado e se encanta com projeto de um PSG grande na Europa

Paris, 30 dez (EFE).- O italiano Carlo Ancelotti foi apresentado nesta sexta-feira como novo treinador do Paris Saint-Germain, em substituição do francês Antoine Kombouaré, e se mostrou encantado de chegar ‘a um clube que tem a ambição de se transformar em um dos grandes da Europa’.

O novo treinador assinou um contrato com a equipe francesa até o final desta temporada e por mais dois anos e, segundo a imprensa, cobrará quase 7 milhões de euros anualmente.

Ancelotti afirmou que chega à França com a intenção de oferecer sua experiência conquistada em oito anos à frente do Milan, com o qual ganhou duas Ligas de Campeões, e dois outros anos no Chelsea.

O treinador afirmou que o objetivo será conquistar o Campeonato Francês e, sobretudo, se classificar para a próxima edição da Liga dos Campeões.

O técnico transalpino trabalhará no Paris Saint-Germain com o brasileiro Leonardo, diretor esportivo e artífice de sua chegada, apoiada pelo investimento dos proprietários catarianos do clube.

‘Convivi com Leonardo como jogador e, embora não jogava muito, sempre tivemos boas relações. Estou encantado de voltar a trabalhar com ele’, disse Ancelotti.

O treinador preferiu não se referir à quantidade de nomes que, de acordo com a imprensa, figuram na agenda do Paris Saint-Germain para reforçar a equipe durante a abertura do mercado de contratações, mas reconheceu que pretendem melhorar o elenco.

‘Nós temos vontade de melhorar a equipe, vamos trabalhar nos próximos dias. Mas não é bom que digamos nomes, porque isso faria subir seu preço’, respondeu o treinador quando lhe perguntaram pelas possíveis contratações de David Beckham, Pato, Kaká, Florent Malouda ou Didier Drogba.

No caso de Beckham, que a imprensa já deu como certa a contratação, Leonardo explicou que ainda não está garantido e afirmou que depende mais de questões pessoais que esportivas.

‘Ele (Beckham) tem uma vida feita em Los Angeles e é difícil mudar. Entramos em contato com ele, mas não sei se dará certo. Agora depende mais de questões relacionadas com sua vida pessoal do que qualquer outra’, respondeu Leonardo.

O atacante Pato afirmou que conviveu bem com o jogador no Milan, mas disse que sua contratação depende também da venda do clube transalpino.

No entanto, Leonardo garantiu que, ao contrário do que a imprensa noticia, o clube italiano ainda não fez nenhuma oferta. O mercado de contratações será aberto no próximo domingo.

Ancelotti confirmou que trabalhará com o ex-jogador francês Claude Makelele, e que pretende extrair ‘sua experiência, seu carisma e sua personalidade’.

O ex-jogador do Real Madrid, que na temporada passada jogou no Paris Saint-Germain, está tirando o diploma de treinador e será auxiliar técnico de Ancelotti.

O treinador não deu muitas pistas sobre o sistema de jogo que treinará o Paris Saint-Germain, mas reconheceu que não mudará tudo, já que ‘há coisas boas, como demonstra o fato do clube liderar a Campeonato Francês’.

‘O Paris Saint-Germain tem um grande potencial individual e vamos buscar um perfil ofensivo conservando aquilo que funcionou’, explicou.

Ancelotti se transforma no treinador mais bem pago da história do futebol francês, embora o treinador italiano tenha negado que o dinheiro foi a principal motivação para aceitar a proposta de dirigir o PSG.

O técnico substituiu o Kombouaré, que apesar de colocar o time francês no topo do campeonato nacional, foi eliminado da Liga Europa e acabou deixando o cargo. EFE