Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Zorra’ faz piada com São Paulo e time responde

Em programa exibido no sábado, o humorístico da Globo quis associar o time de futebol à homossexualidade, piada recorrente entre torcedores

O humorístico Zorra, da Globo, tentou fazer uma piada – sem graça — com o São Paulo no programa do último sábado, ao associar o clube à homossexualidade. O esquete se passa no funeral de um militar morto, cujo caixão é coberto com uma bandeira do time — e fica no ar a informação de que ele teria um namorado. Nesta segunda, o clube usou as redes sociais para publicar uma mensagem de repúdio ao preconceito, embora sem citar o Zorra. “Aqui, o cartão vermelho é para o preconceito”, diz a postagem.

LEIA TAMBÉM:

Reformulação dá certo e ‘Zorra Total’ volta mais inteligente

Dani Calabresa está feliz. E a culpa é do novo ‘Zorra Total’

Fórmula do ‘TV Pirata’ inspira Adnet e Melhem em ‘Tá no Ar’

“Respeitamos as diferenças, pois vejam só: amamos a união do vermelho, do branco e do preto. Somos gigantes. Somos todos Tricolores. O São Paulo Futebol Clube é contra qualquer tipo de discriminação”, completa a mensagem do time de futebol.

No esquete Soldado, o enterro do militar conta ainda com um urso de pelúcia sobre o caixão. Então, um soldado, aos prantos, dá os pêsames para os pais do morto e entrega à mãe um pingente roxo em forma de coração com a sigla M.P.S. (Miguxos para Sempre) e uma foto dos dois militares juntos.

Do ano passado para cá, o humorístico da Globo passou por uma reformulação e passou a se chamar Zorra. Em maio, o programa foi ao ar reformulado, com humor mais crítico e ágil e a promessa de não fazer piadas rasteiras com gays.